Mucho Flow fecha cartaz com mais sete novidades

São mais sete nomes que se juntaram hoje ao cartaz do Mucho Flow, o festival que percorre as tendências do futuro próximo da música mundial. A 6 de outubro, passam por Guimarães os projetos Mourn, Hillary Woods, Ditz, Huggs, Nidia, Vaiapraia e as Rainhas do Baile e DJ Lynce, que se juntam aos anteriormente anunciados Gaika, Fire!, Black Midi e Sky1.

- Publicidade -

A 6ª edição do Mucho Flow voltará a ocupar o CAAA, em Guimarães, percorrendo, num dia, os interessantes novos projetos do hip hop, rock, electrónica e free jazz. O festival tem sido encaixado no grupo de eventos que apontam os novos novos nomes da música em diferentes espetros, com um currículo bem interessante de estreias nacionais (Amen Dunes, Girl Band, entre outros).

Os bilhetes para esta edição encontram-se à venda na Ticketea por 10€. Mais pontos de venda serão anunciados em breve.


 

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Super Bock em Stock (Dia 1) – Tuk Tuks para Autóctones

Um regresso aos festivais, neste caso a um itinerante.

Porto recebe aquele que será o mais curioso festival dedicado à cerveja artesanal

E há workshops gratuitos mediante reserva antecipada.

Festival Under The Doom adiado para 2022

O evento irá acontecer no novo LAV - Lisboa ao Vivo.

SOLO. Novo festival em Benfica assenta num compromisso ambiental

Apresenta atividades desportivas, ações educativas, workshops, visitas guiadas, espetáculos infantis e concertos.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Vodafone disponibiliza 5G a título experimental a todos os clientes

A todos os clientes e em todos os tarifários, importa salientar.

Cinco empresas já têm licença para explorar o 5G em Portugal

Só falta a MEO, que ainda não fez o pagamento.

Passageiros de voos internacionais terão de apresentar um teste negativo no momento do embarque (além do certificado digital) para Portugal

Se este teste não for apresentado, o passageiro pode não embarcar e as companhias áreas ficam sujeitas a coimas.