miio Pay. Nova funcionalidade permite pagamentos ocasionais, sem contrato, para o carregamento de veículos elétricos na rede pública

- Publicidade -

Ou seja, não pressupõe a existência de um cartão de carregamento físico, de um contrato ou a adesão a um serviço.

miio Pay

É uma novidade que, para já, está disponível para utilizadores beta, mas que, até final deste mês, fica disponível para o público em geral. Falamos da miio Pay, uma solução que surge por parte da portuguesa miio, e que vai permitir que os donos de veículos elétricos possam carregar os seus automóveis na rede pública… mas sem a necessidade de um cartão de carregamento físico, de um contrato ou a adesão a um serviço.

Com o miio Pay, os condutores passam a poder pagar o carregamento dos seus veículos em qualquer um dos mais de 2.000 postos da rede pública no mesmo momento em que carrega o veículo elétrico. Anteriormente, o pagamento dos carregamentos era feito uma vez por mês, de forma consolidada.

O funcionamento do miio Pay é semelhante ao do abastecimento de um veículo a combustão, não requerendo a existência de um contrato ou adesão a um serviço de um CEME (Comercializador de Eletricidade para a Mobilidade Elétrica), ou mesmo a existência de um cartão físico de carregamento. O utilizador necessita apenas de aceder à aplicação miio, indicar qual o valor que pretende carregar, efetuar o pagamento e iniciar a sua sessão de carregamento.

Após o lançamento da opção de carregamento de um veículo elétrico na rede nacional de forma completamente digital, a miio é novamente a primeira empresa a introduzir esta funcionalidade, comumente chamada de carregamento ad-hoc, que se assemelha ao abastecimento de um veículo a combustão.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

EDP, BP e Repsol concluem instalação de todos os seus pontos de carregamento na Via Verde Electric

Todas as estações de serviço geridas pela BP e pela Repsol nas principais autoestradas da Brisa já têm soluções de carregamento rápido e ultrarrápido da EDP.

Depois da Bolt, também a Uber reduz as comissões da categoria “green”

E há outros incentivos para fazer com que os motoristas troquem os seus automóveis por veículos 100% elétricos.

Bolt já tem carros 100% elétricos no Porto e em Braga

Depois de ter lançado a categoria Green em Lisboa no passado mês de dezembro, a Bolt lança agora essa opção no Porto e em Braga.

Depois da Uber e Kapten, Bolt lança viagens em carros 100% elétricos

Para já, esta novidade está somente disponível em Lisboa. Nesta tarifa, são cobrados 0,09€ por minuto e 0,59€ por quilómetro. A tarifa inicial é de 2,5€, ou seja, será sempre o mínimo a pagar.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Onde e quando assistir a O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder

A série da Amazon tem estreia marcada para dia 2 de setembro em Portugal.

Death Stranding pode estar a caminho do PC Game Pass

A nova foto de perfil da conta oficial do Xbox Game Pass para PC denuncia o inesperado.

Cartaz do Festival F está fechado

Está quase aí um dos últimos grandes festivais de verão.