McDonald’s vai ter Happy Meal cada vez mais saudável

Até 2022, a McDonald’s quer assegurar que pelo menos 50% das refeições Happy Meal comunicadas nos menus dos restaurantes (menuboards, quiosques digitais e apps mobile) em todos os seus 120 mercados estejam de acordo com o “novo critério global nutricional para o Happy Meal”, que determina que deverão ser iguais ou inferiores a 600 calorias, com 10% de calorias provenientes de gorduras saturadas; 650mg de sódio e 10% de calorias provenientes de açúcares adicionados.

- Publicidade -

Basicamente, este compromisso na área das famílias irá, no que toca ao menu Happy Meal, oferecer novas combinações, simplificar ingredientes e, também, manter a aposta na disponibilização de informação nutricional e comunicação responsável, com o intuito de promover as combinações nutricionalmente mais equilibradas.

Presentemente, 28% das combinações de Happy Meal nos 20 mercados que foram pioneiros no trabalho com a Healthier Generation, uma organização sem fins lucrativos, já respondem a estes novos critérios nutricionais.

Em Portugal, por exemplo, o Happy Meal já conta com novas opções como proteína de frango como opção à proteína de vaca (Chicken McNuggets) ou uma alternativa de peixe (douradinhos). Há ainda a possibilidade de ser acompanhado com sopa de 150ml ou com cenouras, fatias de maças ou outra fruta de época (neste momento está disponível o abacaxi) em alternativa às batatas. Também estão disponíveis novas opções de bebidas não carbonatadas.

De realçar que, no Happy Meal, a marca reduziu o sal em 36% e a gordura saturada do óleo 100% vegetal em 40%.

O objetivo é claro: ter refeições cada vez mais equilibradas. A própria McDonald’s reconhece a sua responsabilidade na sociedade, uma vez que é dos restaurantes preferidos das famílias, e quer ter um impacto positivo na saúde dos mais pequenos ao disponibilizar mais frutas, vegetais, produtos com baixo teor de gordura saturada, proteína e água no Happy Meal.

Outro dado curioso é o facto do popular Happy Meal Cheeseburguer ir desaparecer do menu da McDonald’s até 2022. Será possível pedi-lo na mesma, mas esse terá de ser um pedido expresso oralmente pelo cliente. Tudo para que o “renovado” Happy Meal não ultrapasse as 600 calorias.

Esta iniciativa reforça ainda o compromisso da McDonald’s perante as famílias em todo o mundo, mediante um maior incentivo e promoção à leitura, através de um reforço do programa Happy Readers, que promove hábitos de leitura junto dos mais novos, e do papel da Fundação Infantil Ronald McDonald e das Casas e Espaços Familiares Ronald McDonald, que apoiam famílias com crianças em tratamento hospitalar prolongado há mais de 40 anos.


 

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Partilha. Ex-concorrentes de Hell’s Kitchen abriram restaurante em Braga

O espaço foi inaugurado em outubro do ano passado e funciona de terça a sábado.

McDonald’s faz regressar o Big Mac Bacon

Tal como anteriormente, está disponível por tempo limitado. Foi em agosto de 2018 que a McDonald's apresentou o Big Mac...

KFC vai abrir mais três restaurantes até ao final do ano

E desta forma, a marca passará a contar com 41 restaurantes em Portugal.

McDonald’s está a dar produtos grátis na app… mas com uma condição

Trata-se do novo passatempo de Natal da marca.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Electric Daisy Carnival (EDC) Portugal é substituído este ano pelo Secret Project Festival

Vai acontecer no mesmo local que o EDC e nas mesmas datas anteriormente definidas para 2022.

Serviço de streaming OPTO volta ao ativo

Foram três semanas sem acesso à plataforma.

STCP alarga frota com 81 autocarros MAN

Os autocarros têm 12 metros de comprimento e contam com 37 lugares sentados, 44 lugares em pée ainda 1 lugar de cadeira de rodas.