McDonald’s vai ter Happy Meal cada vez mais saudável

Até 2022, a McDonald’s quer assegurar que pelo menos 50% das refeições Happy Meal comunicadas nos menus dos restaurantes (menuboards, quiosques digitais e apps mobile) em todos os seus 120 mercados estejam de acordo com o “novo critério global nutricional para o Happy Meal”, que determina que deverão ser iguais ou inferiores a 600 calorias, com 10% de calorias provenientes de gorduras saturadas; 650mg de sódio e 10% de calorias provenientes de açúcares adicionados.

Basicamente, este compromisso na área das famílias irá, no que toca ao menu Happy Meal, oferecer novas combinações, simplificar ingredientes e, também, manter a aposta na disponibilização de informação nutricional e comunicação responsável, com o intuito de promover as combinações nutricionalmente mais equilibradas.

Presentemente, 28% das combinações de Happy Meal nos 20 mercados que foram pioneiros no trabalho com a Healthier Generation, uma organização sem fins lucrativos, já respondem a estes novos critérios nutricionais.

Em Portugal, por exemplo, o Happy Meal já conta com novas opções como proteína de frango como opção à proteína de vaca (Chicken McNuggets) ou uma alternativa de peixe (douradinhos). Há ainda a possibilidade de ser acompanhado com sopa de 150ml ou com cenouras, fatias de maças ou outra fruta de época (neste momento está disponível o abacaxi) em alternativa às batatas. Também estão disponíveis novas opções de bebidas não carbonatadas.

De realçar que, no Happy Meal, a marca reduziu o sal em 36% e a gordura saturada do óleo 100% vegetal em 40%.

O objetivo é claro: ter refeições cada vez mais equilibradas. A própria McDonald’s reconhece a sua responsabilidade na sociedade, uma vez que é dos restaurantes preferidos das famílias, e quer ter um impacto positivo na saúde dos mais pequenos ao disponibilizar mais frutas, vegetais, produtos com baixo teor de gordura saturada, proteína e água no Happy Meal.

Outro dado curioso é o facto do popular Happy Meal Cheeseburguer ir desaparecer do menu da McDonald’s até 2022. Será possível pedi-lo na mesma, mas esse terá de ser um pedido expresso oralmente pelo cliente. Tudo para que o “renovado” Happy Meal não ultrapasse as 600 calorias.

Esta iniciativa reforça ainda o compromisso da McDonald’s perante as famílias em todo o mundo, mediante um maior incentivo e promoção à leitura, através de um reforço do programa Happy Readers, que promove hábitos de leitura junto dos mais novos, e do papel da Fundação Infantil Ronald McDonald e das Casas e Espaços Familiares Ronald McDonald, que apoiam famílias com crianças em tratamento hospitalar prolongado há mais de 40 anos.


 

- Publicidade -

Sigam-nos

10,462FansCurti
4,049SeguidoresSeguir
532SeguidoresSeguir

Relacionados

A McDonald’s adicionou ingredientes extra a alguns dos seus clássicos

A marca quer que os clientes voltem a visitar os seus restaurantes. Logo, nada como dar uns miminhos extra.

McDonald’s vai mudar sistema de pontos do programa MLovers

Esta é a primeira grande alteração feita no funcionamento do conhecido programa.

Já se pode comprar produtos de saúde e bem-estar na Uber Eats

O serviço de entrega de refeições da Uber faz cada vez mais concorrência à Glovo.

McDonald’s reabre salas e esplanadas dos restaurantes a 18 de maio

A abertura acontece já na próxima segunda-feira, pelo que a McDonald's Portugal garante o cumprimento das recomendações do Governo e da Direção-Geral da Saúde.
- Publicidade -

Mais Recentes

EPAL lança versão especial da garrafa COOL dedicada a Lisboa

Tudo isto deve-se ao facto de Lisboa ser, em 2020, a Capital Verde Europeia.

Overcooked é a nova oferta da Epic Games Store

Mais uma semana mais um jogo grátis.