Lisboa Film Orchestra – Celebrar a sétima arte da melhor forma possível

Foi no domingo passado que o Campo Pequeno encheu para receber um novo espetáculo da Lisbon Film Orchestra. Algum tempo antes da hora prevista, já conseguíamos ver as filas a crescer, revelando a antecipação que o público tem para com este espetáculo que consegue reunir toda a família num concerto que nos leva numa viagem única pelo mundo dos filmes e das séries. Era a celebração da sétima arte no melhor formato possível, ao vivo e com uma orquestra.

- Publicidade -

Ao entrarmos no Campo Pequeno, chegou-nos o cheiro típico de pipocas, que, por norma, não encontramos nesta sala. Aqui, porém, fazia todo o sentido, até porque o propósito era o de experienciar os nossos filmes e séries preferidos de uma maneira completamente diferente. A Lisbon Film Orchestra interpreta os melhores temas de algumas longas-metragens com o objetivo de chegar às gerações mais novas e, dessa forma, os fazer apaixonar pela música tocada por uma orquestra.

A orquestra quis conquistar o público logo ao primeiro hit, dando como pontapé de saída o medley de Star Wars, uma das melhores bandas sonoras de uma galáxia muito, muito longe. Óbvio que foi a euforia total às primeiras notas tocadas.

De seguida, de maneira a não deixar cair o nível de expectativa criado, veio Indiana Jones com seu tema icónico. Daí para a frente, fomos presenteados por temas como os de Harry Potter, Senhor dos Anéis, 007: Skyfall e, também, o tema mais inesperado da noite, o tema de introdução da série Casa de Papel, levando o público ao êxtase. No fim dessa performance, até o maestro gracejou com um “desta não estavam à espera”.

Mas os pontos altos da noite foram mesmo alguns dos temas da banda sonora de Inception, composta por Hans Zimmer, e a banda sonora do filme de Amália, sendo ótimo poder ver algo português nesta perspetiva. No final, acabámos com o maestro a lutar de sabre de Luz na mão contra um sith e, logo depois, o adeus com Missão Impossível.

Saímos do concerto com a sensação de ver e rever todos os filmes que foram apresentados neste espetáculo composto por cerca de 60 músicos que fizeram o público vibrar com esta experiência imersiva.

Vimos uma máquina extremamente bem montada musicalmente, mas, a acompanhar as bandas sonoras históricas, fomos sendo presentados com imagens estáticas dos filmes em formato slideshow, algo que não conseguiu fazer jus ao resto.

A Lisbon Film Orchestra irá regressar com um novo espetáculo a 1 de março de 2019, pelo que esperamos lá estar, juntamente com as 5 mil que esgotaram o Campo Pequeno, para ver se o projeto consegue melhorar essa parte visual.

A Lisbon Film Orchestra é uma organização sem fins lucrativos que doou os lucros deste espetáculo à Fundação Make-a-Wish. Mais uma boa razão para lá estarmos em 2019.

Texto por: Bernardo Bismarck; Foto de destaque de: João Vasco

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,948FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

The Weeknd anuncia data extra para Portugal

Isto após o primeiro concerto ter esgotado num ápice.

Noiserv disponibiliza concerto para aluguer

O espetáculo diz respeito à apresentação do novo disco, Uma palavra começada por N, que aconteceu em novembro do ano passado no Teatro Sá da Bandeira, no Porto.

The Weeknd regressa a Portugal em 2022

Um concerto que servirá para apresentar o mais recente álbum, After Hours.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Impressão digital nos cartões de crédito – FinTech em 2021

A tecnologia financeira, ou FinTech, está a acelerar os efeitos positivos no sector financeiro. A Samsung anunciou a 4 de março que vai lançar um cartão de crédito com um leitor de impressão digital integrado. Quais serão as próximas inovações em 2021?

Glovo também já entrega as pipocas dos Cinemas NOS em casa

Demorou, mas finalmente a plataforma de delivery segue os passos da Uber Eats.

Novo projeto da Samsung ajuda na luta contra a caça ilegal na savana africana

E com isso, podemos ser um guarda florestal virtual e cuidar de animais em vias de extinção.