John Wick 4 atrasa a próxima missão por um ano

- Publicidade -

A Lionsgate mexeu também nas datas de outros filmes.

John Wick 3

O estúdio que nos trouxe Keanu Reeves de novo aos filmes de ação reagendou uma série de projetos, destacando-se, obviamente, a próxima aventura de John Wick. Inicialmente com data marcada para o mesmo dia em que estreia Matrix 4, 21 de maio de 2021 (nos Estados Unidos), o quatro capítulo de Wick aponta agora para 27 de maio de 2022, um ano depois do previsto.

É com poucas surpresas que John Wick 4 se atrasa, uma vez que, recentemente, o realizador Chad Stahelski tinha comentado ao portal Collider que o filme ainda não tinha um guião definido e que os esforços do ator e do realizador estavam concentrados nas gravações de Matrix 4, atualmente paradas, onde Keanu Reeves regressa ao papel de Neo e onde o próprio Stahelski está envolvido em parte no que toca às stunts do filme.

Além de John Wick 4, a Lionsgate também atualizou a sequela espiritual da saga SAW, que irá regressar com Spiral, onde Chris Rock produz e protagoniza, que inicialmente iria estrear já este mês. Agora, sabe-se que a película foi adiada precisamente um ano, passando para maio de 2021.

Outras alterações de datas atingem Hitman’s Wife’s Bodyguard, a sequela da comédia Hitman’s Bodyguard, com Ryan Reynolds e Samuel L. Jackson, que estreia agora em agosto de 2021.

Porém, e no meio de tanto ajuste, destaca-se o insólito, e muito curioso, filme onde Nicholas Cage vai fazer dele mesmo, numa história fictícia inspirada na sua própria carreira, The Unbearable Weight of Massive Talent, que mantém a data de março de 2021.

Tudo estreias a apontar na agenda que, se tudo correr bem, não mudam e poderão ser celebradas sem perigos de vírus.

- Publicidade -

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes