Nova plataforma ajuda a ganhar indemnizações contra companhias aéreas. E promete pagar em 48 horas

Chama-se LiberFly e é uma empresa brasileira que, após ter feito sucesso no país onde nasceu, chega agora a Portugal para ajudar os portugueses a conseguirem indemnizações contra companhias aéreas. O melhor de tudo? Em breve, a empresa terá um serviço inovador na Europa em que, após ter a certeza de que a reclamação é válida, fará a transferência do valor previsto da compensação para a conta bancária do lesado em apenas 48 horas.

Claro, embora o passageiro nunca tenha de pagar nada diretamente à LiberFly, a empresa deduz 30% das indemnizações como pagamento do serviço, pois só assim continuará a conseguir ajudar os lesados. Além disso, quando a empresa tem a certeza que o passageiro tem razão e a companhia aérea recusa-se a recuperar, faz questão de avançar com uma ação em tribunal.

Porém, a LiberFly faz questão de dizer que, até nesse caso, o passageiro não terá de fazer nada, pois os colaboradores da startup brasileira tratam de todo o processo. Aí, a taxa de serviço total será de 45% (30% da LiberFly + 15% para custas judiciais).

E mesmo que não consigam a compensação, o passageiro não terá qualquer valor a pagar.

Portanto, se foram lesados recentemente por uma companhia aérea, seja com um voo atrasado ou cancelado, basta visitarem o site da LiberFly e submeteram a vossa reclamação. Terão depois uma resposta em 48 horas.

Fundada em 2016, a LiberFly já conta com milhares de casos resolvidos num total de 3 milhões de dólares em compensações recebidas e uma taxa de sucesso de 98,5%. Entre junho de 2018 e junho do ano passado, a empresa cresceu mais de 1500%.

Fonte:LiberFly
- Publicidade -

Sigam-nos

10,707FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
623SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Voos de e para fora da União Europeia proibidos até final de junho

É o que diz um despacho publicado em Diário da República.

IATA avisa: “Distância social a bordo pode acabar com voos low cost”

Diz a IATA que o tráfego aéreo doméstico caiu 70% desde o início deste ano.

Portugal suspende todos os voos de e para fora da União Europeia a partir desta quarta-feira

Era algo que se pedia e que finalmente acontece para este combate à COVID-19. "A partir das...

Emirates tem nova política para facilitar reservas e cancelamentos de voos

E tudo isto devido ao COVID-19, claro. Assim, a Emirates está a permitir que os clientes alterem as suas datas de viagem para outras à escolha sem que tenham de pagar taxas de alteração.
- Publicidade -

Mais Recentes

Há um novo Compal Vital de maracujá e damasco no mercado

É baixo em calorias e adoçado só com extrato de stevia.

Área Metropolitana de Lisboa vai continuar em Estado de Contingência

O período de medidas excecionais termina esta sexta-feira, mas o Governo vai prolongar a situação até final de agosto.