12 Minutes recebe um vídeo de desenvolvimento de 6 minutos

E com um elenco de luxo.

- Publicidade -

12 Minutes é o novo jogo para PC e Xbox que está a dar que falar, não só por estar a ser desenvolvido por um português, Luís António, que já trabalhou na Rockstar, na Ubisoft e no aclamado puzzler de Jonathan Blow, The Witness, mas também pelo forte elenco e conceito misterioso.

Ainda com o lançamento em modo “brevemente”, 12 Minutes recebeu um novo vídeo de desenvolvimento (via IGN) narrado por Luís António, onde podemos conhecer mais sobre este jogo indie, como funciona e podemos ainda ouvir do elenco composto por Daisy Ridley, Willem Dafoe e James McAvoy.

Ao longo dos 12 minutos, temos acesso a dois “loops” temporais que nos ajudam a perceber as ramificações e a escala de um jogo aparentemente passado dentro de um apartamento. Com uma estrutura narrativa que se abre de forma livre, o jogador decide o que acontece a seguir de acordo com todas as suas ações, seja através do simples ato de se sentar, agarrar uma chávena ou de fazer conversas.

12 Minutes promete uma experiência única e diferente em cada loop graças às nuances de cada ação, assim como uma história misteriosa e cheia de segredos para descobrir.

Ainda sem data de lançamento, 12 Minutes chegará aos PCs e consolas Xbox.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Last Night in Soho, o novo filme de Edgar Wright, recebe o primeiro trailer

Mais conhecido pelo seu trabalho na comédia, Edgar Wright aposta agora um thriller psicológico.

Final Fantasy 7 Remake Intergrade recebe um trailer “final”

Spoilers para quem não jogou o Remake até agora.

Luca recebe um novo e adorável trailer

O próximo filme da Pixar tem estreia direta no Disney Plus.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Há um novo restaurante Burger King em Alcochete

É o primeiro na zona e o 10º no distrito de Setúbal.

Serviços públicos essenciais obrigados a ter linhas telefónicas gratuitas

As empresas têm agora até ao próximo dia 1 de novembro para fazer cumprir este decreto-lei.