Jameson Distillery On Tour – Estreia mundial em Lisboa

É isso mesmo. O whiskey Jameson iniciou uma tournée mundial onde é possível conhecer a história da destilaria, o processo de produção e fazer uma prova comparativa de whiskys de diferentes estilos. Quem se interessar pelo assunto tem aqui o papinho cheio. Quanto ao preço, o bilhete custa 15€, com direito a um whiskey no bar da Jameson que se encontra instalado na Lx Factory, junto à entrada da experiência. Para completar esta verdadeira invasão irlandesa, há uma loja com diversos produtos ligados à marca, desde camisolas a meias, copos de shot a garrafas de bolso.

Para falar da experiência, a mesma inicia-se com a entrada numa sala onde são projetados diversos vídeos explicativos, apresentados por um embaixador da marca, enquanto que os espetador tem a seu lado uma bancada com diversos ingredientes base para a produção do líquido dourado.

A Jameson é a mais antiga destilaria em atividade contínua, tendo começado a sua produção em 1780 em Bow Street, em Dublin, aa altura uma de muitas pela cidade irlandesa, então parte do Reino Unido, e a segunda maior urbe, a seguir a Londres. Ao longo dos anos, as outras foram fechando e a Jameson foi ficando, tendo crescendo ao ponto de, no final do século XIX, 300 famílias aí trabalharem.

Depois desse pico, eventos históricos como a I Guerra Mundial, o conflito para a independência da Irlanda e a Lei Seca nos Estados Unidos tiveram um enorme impacto nas vendas do whiskey, tendo entrado em crise. Em resposta, nos anos 60 a destilaria fundiu-se com duas concorrentes, tendo-se formado a Irish Distillers Group. A partir daí, a trajetória voltou a ser ascendente, sendo neste momento a produção feita numa nova destilaria em Midleton, no condado de Cork, bem no sul da Irlanda, onde existe acesso às matéria-primas essenciais: cevada e água. Apenas o milho, utilizado também na produção, vem de França.

jameson on tour

Quanto ao processo propriamente dito, o Jameson distingue-se por ser um whiskey de tripla destilação, o que lhe garante maior suavidade na prova. Quanto ao processo de secagem do grão, a chamada maltagem, e ao contrário da turfa usada na Escócia, é utilizado atualmente gás natural. Quanto ao envelhecimento, são utilizadas barricas de carvalho americano, de bourbon, bem como de vinho de xerez, um vinho forjicado espanhol. A mistura dos diferentes lotes dá origem ao produto final.

Talvez a parte mais interessante desta experiência seja o final, onde se pode provar, e comprovar, a diferença entre o Jameson, um whiskey de tripla destilação, de lágrima fina no copo e, como dito, maior suavidade, com um escocês de dupla destilação – mais fumado na prova e com um sabor que se nota no fundo -, e finalmente com um whisky americano, de apenas uma destilação. Este último com lágrima bem mais gorda e lenta a escorregar pelas paredes do copo. A presença dos açúcares é, aqui, bem mais presente, tal como a correspondente secura da boca.

No final, é ainda possível comprar uma garrafa com um rótulo personalizado com o nome de alguém a quem queiramos dar um presente diferente (a um preço de 60€). A Jameson Distillery On Tour vai estar presente na Lx Factory até 28 de setembro.

- Publicidade -

Sigam-nos

10,454FansCurti
4,046SeguidoresSeguir
531SeguidoresSeguir

Relacionados

Severa. A cerveja artesanal que surge da união de whiskey com cerveja

Como é que se casa uma marca de whiskies com uma marca de cerveja artesanal? Fácil, criando uma cerveja que estagiou sete meses em barricas de Jameson. Foi assim que nasceu a Severa, um barrel aged imperial stout de edição limitada que é fruto do casório da Jameson Caskmates com a Cerveja MUSA.

Lisboa é a primeira cidade do mundo a receber a destilaria da Jameson

É algo inédito. Pela primeira vez desde a sua abertura em 1780, a destilaria da Jameson, situada em Dublin,...

Jameson desafia portugueses a aderirem ao Movember

Pelo quarto ano consecutivo, a Jameson volta a apoiar a Movember Foundation, que todos os anos lança o desafio...
- Publicidade -

Mais Recentes

Crítica – Shirley

Shirley é, sem dúvida alguma, cinema de autor por parte de Josephine Decker, que entrega uma biopic única que quebra todas as limitações impostas pelo género.

Bolt recomeça expansão e chega a Évora

É a primeira cidade no Alentejo a receber este serviço.