Instalação artística Monstro Marinho foi criada com 12 toneladas de garrafas descartáveis usadas

Esta obra de arte pode ser vista na Doca dos Olivais, junto ao Oceanário de Lisboa.

Monstro Marinho
- Publicidade -

A DPD Portugal, em conjunto com o movimento #PURIFY liderado pela empresa ECO – Água Filtrada, recolheu 12 toneladas de garrafas descartáveis usadas (o que corresponde a cerca de 300.000 garrafas), entregues pela população de norte a sul do país nas lojas Pingo Doce e na rede ECO-Escolas (um total de 530 pontos de recolha), para dar corpo a uma instalação artística com mais de 50 metros. Esta instalação, que simboliza um ícone do movimento #PURIFY, foi moldada pelas mãos dos Skeleton Sea e pode ser vista na Doca dos Olivais, junto ao Oceanário de Lisboa.

O movimento nasceu com o intuito de alertar os portugueses para o grave problema ambiental causado pelo uso excessivo de plástico descartável e mobilizá-los para a escolha de produtos amigos do ambiente, lembrando que anualmente 6 mil milhões de garrafas PET são lançadas aos oceanos.

O Monstro Marinho, nome dado à instalação, representa algo que não é mitológico: o “monstruoso” volume de plástico nos oceanos. A direção artística dos Skeleton Sea, um grupo de artistas e surfistas com forte ligação ao mar, encabeçada por Xandi Kreuzeder, torna tangível e real a mensagem que se pretende passar: 12 toneladas de plástico descartável recriam um “Monstro Marinho” com mais de 50 metros de comprimento, que faz a alusão de que a humanidade está a ser literalmente “engolida” pelo seu próprio plástico.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
784SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Capcom revela tabela de desempenho de Resident Evil Village nas consolas

Para que não tenham dúvidas de como vai correr.

A magia está de volta em novos sets LEGO Harry Potter

São oito novos conjuntos para construir e brincar.

Lidl aposta na produção nacional com primeiro vinho vegan certificado

Criado a partir da combinação das castas Alicante Bouschet, Aragonez e Syrah, o vinho Indelével Vegan Tinto Regional Alentejano caracteriza-se por apresentar uma cor rubi, aromas de frutos vermelhos maduros e por um sabor suave, quente e equilibrado.