Infinitebook troca 10 cadernos usados por um reutilizável

É uma campanha que serve também para alertar o consumidor para o desperdício de papel.

Infinitebook
- Publicidade -

O ano letivo começou há umas semanas e o impacto da compra de manuais escolares já foi contabilizado. Segundo o Ministério da Educação, a taxa de reutilização de livros nos últimos anos ultrapassava já os 50%, um dado importante do ponto de vista ambiental e que sofreu um revés com a decisão da Assembleia da República de impedir a reutilização de manuais escolares no ano letivo 2020/2021.

Mas se 2020 trouxe um retrocesso na reutilização de manuais escolares, a Infinitebook quer reverter a tendência no que diz respeito aos cadernos. Como? Com a Infinitechange, uma campanha inovadora que prevê a oferta de um Infinitebook por cada 10 cadernos usados.

Os interessados terão apenas de possuir 10 cadernos usados e inscreverem-se aqui. Depois basta aguardarem pelo dia 3 de novembro, data em que será feita uma seleção aleatória dos participantes inscritos. O Infinitebook – o famoso whiteboard portátil reutilizável – será entregue em mãos pela própria empresa, juntamente com uma caneta, num ecoroadshow nacional que irá, ao mesmo tempo, recolher os 3000 cadernos para reciclagem.

Mas a campanha não termina aqui. A 10 de novembro, a marca pretende ainda plantar 300 árvores, uma por cada Infinitebook entregue.

Desde a criação do caderno reutilizável, a empresa já conseguiu evitar a produção de 77 toneladas de papel e o consumo de 47 milhões litros de água (o equivalente a 17 piscinas olímpicas), bem como salvar mais de 1540 árvores, uma estimativa daquilo que seria utilizado na produção de cadernos não reutilizáveis.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Depois dos cadernos reutilizáveis, Infinitebook aposta nos post-its que dão para muitas utilizações

A solução ideal para quem está sempre a deixar notas escritas.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Pingo Doce chega pela primeira vez aos Açores

O sortido do espaço conta com muitos produtos regionais, fruto das parcerias feitas com 129 fornecedores dos Açores.

Continente abre primeira loja em Gouveia

Continua a expansão da marca da Sonae.

Lagoa dos Salgados será classificada como área protegida de âmbito nacional

Há 21 anos que, em Portugal, não era classificada nenhuma área protegida de interesse nacional.