IKEA: Todos os artigos para a casa serão feitos de materiais reciclados e/ou renováveis a partir de 2030

- Publicidade -

Este é um dos compromissos da marca sueca, consciente da diferença que tal decisão pode fazer no meio ambiente. Além do uso de apenas materiais reciclados e/ou renováveis em todos os artigos para a casa, a IKEA vai, até ao final de 2020, deixar de vender artigos de plástico de utilização única.

Adicionalmente, todo o poliéster usado nos têxteis IKEA será reciclado. A empresa garante ainda que todo o algodão IKEA já é proveniente de fontes mais responsáveis e que a madeira que usam na gama de artigos também o será até final de 2020.

Estas foram novidades apresentadas pelos responsáveis no decorrer de mais um evento dedicado a desvendar as tendências e novidades para 2020.

No ano em que celebra 15 anos desde que abriu o primeiro espaço em Portugal (Alfragide, 2004), a marca aproveitou para anunciar a disponibilidade de novas coleções, que vão chegar ao mercado muito em breve.



Uma delas é a nova coleção SYMFONISK, que, numa parceria com a Sonos, nos apresenta prateleiras e candeeiros que dão som. Estes produtos suportam Wi-Fi, pelo que, ficando emparelhados com outro dispositivo, basta meter a tocar aquela música que tanto gostamos. Esta coleção chega às lojas IKEA já em agosto.

Neste campo temos ainda a coleção FREKVENS, que nos apresenta colunas de portáteis para os mais jovens, a preços acessíveis. Estes produtos ficarão disponíveis em fevereiro em 2020.

Já para quem muda de casa regularmente, a IKEA tem a coleção OMBYTE, onde se contam caixas de cartão, caixas de aço, cestos de metal, carrinhos de transportar, sacos (um deles pode ser usado como mochila) e uma luz LED multiusos, além de uma fita-cola e uma manta protetora. Esta coleção limitada fica também disponível em agosto.

Por último, a IKEA deu destaque à coleção MARKERAD, feita em parceria com o artista Virgil Abloh, diretor criativo da Luis Vuitton. Esta coleção apresenta-nos acessórios de decoração (tapetes, relógios e espelhos), bem como produtos de mobiliário (mesa, sofá-cama e cadeiras). A coleção chega em novembro e a empresa sueca promete os preços acessíveis a que já nos habituou.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome