Casamentos, batizados e crismas devem ser suspensos/adiados, diz a Igreja Católica

Mas as missas e funerais poderão celebrar-se com a presença de fiéis.

Casamentos
- Publicidade -

Após ter sido decretado um novo confinamento geral, uma das medidas dá conta de que as cerimónias religiosas podem continuar a acontecer, desde que com todos os cuidados e precauções. Quer isto dizer, por exemplo, que as missas e funerais podem celebrar-se com a presença de fiéis.

O mesmo não acontece com os casamentos, batizados e crismas. Em comunicado, a Igreja Católica refere que “outras celebrações, como Batismos, Crismas e Matrimónios, devem ser suspensas ou adiadas para momento mais oportuno, quando a situação sanitária o permitir”.

No mesmo comunicado, é dito que a “catequese continuará em regime presencial onde for possível observar as exigências sanitárias; de contrário, pode ser por via digital ou cancelada”. Recomendam, no entanto, que “outras atividades pastorais se realizem de modo digital ou sejam adiadas”.

De resto, continuarão com as celebrações litúrgicas, nomeadamente a Eucaristia e as Exéquias.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Este ano não há nem Festas de Lisboa nem Casamentos de Santo António

Esqueçam as marchas, arraiais e casamentos. Não há Festas de Lisboa em 2020.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

CP repõe a totalidade de lugares disponíveis nos comboios apenas com lugares sentados

Fica sem efeito qualquer limitação imposta no âmbito da pandemia COVID-19.

Explora Journeys. Grupo MSC entra no mercado de cruzeiros de luxo

O primeiro dos quatro navios de luxo iniciará os seus cruzeiros em 2023, com outros três navios programados para navegar em 2024, 2025 e 2026.

As novidades da Square Enix na E3 2021

Marvel e Final Fantasy marcaram presença na transmissão.