Casamentos, batizados e crismas devem ser suspensos/adiados, diz a Igreja Católica

- Publicidade -

Mas as missas e funerais poderão celebrar-se com a presença de fiéis.

Casamentos

Após ter sido decretado um novo confinamento geral, uma das medidas dá conta de que as cerimónias religiosas podem continuar a acontecer, desde que com todos os cuidados e precauções. Quer isto dizer, por exemplo, que as missas e funerais podem celebrar-se com a presença de fiéis.

O mesmo não acontece com os casamentos, batizados e crismas. Em comunicado, a Igreja Católica refere que “outras celebrações, como Batismos, Crismas e Matrimónios, devem ser suspensas ou adiadas para momento mais oportuno, quando a situação sanitária o permitir”.

No mesmo comunicado, é dito que a “catequese continuará em regime presencial onde for possível observar as exigências sanitárias; de contrário, pode ser por via digital ou cancelada”. Recomendam, no entanto, que “outras atividades pastorais se realizem de modo digital ou sejam adiadas”.

De resto, continuarão com as celebrações litúrgicas, nomeadamente a Eucaristia e as Exéquias.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes