fbpx

Huawei lança P smart e um passatempo para os portugueses

aqui falámos dele, uma vez que estivemos no evento de apresentação da Huawei. Falamos do P smart, um smartphone de gama média com um design fino e leve que encaixa perfeitamente na mão.

É o primeiro dispositivo de média gama da marca chinesa com um ecrã mais amplo num dispositivo compacto, isto é, possui um ecrã FullView Display Full-HD 2.5D de 5.65 polegadas que promete não deixar os jovens indiferentes. Sim, é um equipamento criado para os adolescentes que passam o dia todo agarrado ao telemóvel e às redes sociais.

Traz ainda um processador Kirin 659, que, à semelhança do Kirin 970, equipado no Mate 10 Pro, irá aprender os hábitos do utilizador e gerir a performace do CPU da melhor forma, e, consequentemente, melhorar a gestão da bateria, câmara dupla traseira de 13MP+2MP para bons resultados fotográficos, 3GB de RAM, 32GB de memória expansíveis e o EMUI 8.0, a versão Android da Huawei.

Já disponível ao público por 279€, a Huawei preparou ainda uma surpresa para os portugueses. De forma a celebrar o Dia dos Namorados, podes participar, até dia 13 de fevereiro, num passatempo promovido pela marca no Instagram com a campanha #SouSmart.

Basta publicares na tua conta de Instagram (perfil público) uma fotografia original e criativa, com a tua cara-metade, onde demonstrem o que é ser um casal Smart, adicionando uma breve descrição que contextualize essa imagem, e as duas #HuaweiPSmart e #SouSmart. O participante com a fotografia mais original ganha dois Huawei P smart, um na cor Azul e outro Dourado.


 

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

- Publicidade -

Mais Recentes

Bosch tem aquele que diz ser o teste de PCR mais rápido do mundo para o SARS-CoV-2

A partir de agora disponível na Europa, o teste aprovado pela CE ajuda a evitar o tempo em quarentena, dispensa laboratórios e torna as viagens e o trabalho mais seguros.

CTT vão passar a entregar o Cartão de Cidadão em casa dos portugueses

Este é um projeto-piloto que arrancou, para já, somente no concelho de Oeiras.