Huawei P smart é a nova aposta da marca para um segmento mais jovem

Foi hoje apresentado à comunicação social e estará disponível ao público em geral já a partir da próxima semana. Chama-se P smart e é direcionado aos consumidores mais jovens.

Falamos de um smartphone com o agora habitual ecrã Huawei FullView Display Full HD de 5,65 polegadas e proporção 18:9, apresentando um formato de ecrã estendido num corpo de 5,2 polegadas, um processador octa-core Kirin 659, 3GB de RAM, memória interna de 32GB expansível via cartão microSD para 256GB e duas câmaras traseiras, uma de 13MP e outra de 2MP. Percebe-se, desde logo, as especificações modestas do equipamento.

Esta é a primeira aposta da marca com um ecrã FullView Display num equipamento de gama média. Afinal, apesar do Mate 10 Pro ter sido considerado um dos melhores smartphones do ano passado, foi a linha intermédia da Huawei, onde se incluem smartphones como o P8 Light, que gerou mais vendas.

“Esta é uma gama importante, onde os consumidores são muito exigentes do ponto de vista de utilização. Querem estar sempre online, não vivem sem smartphone e pretendem fotografar e partilhar de imediato as imagens e posts”, referiu no evento Tiago Flores, responsável de negócio mobile da Huawei em Portugal.

Na questão das câmaras, ambas trabalham em conjunto para oferecer os melhores resultados para um smartphone de gama média. Se a câmara de 12MP trata de captar o conteúdo em si, a de 2MP é dedicada ao efeito Bokeh. No fundo, estamos a falar da experiencia de um Mate 10 Pro, mas adaptada a este segmento.

Outra funcionalidade interessante é a de ecrã dividido, ou seja, com um único toque, o utilizador pode facilmente responder a um SMS sem necessidade de parar um vídeo, fazer uma gravação enquanto lê um artigo ou jogar enquanto vê os emails.

Claro, o terminal vem com o Android Oreo 8.0, aqui transformado pelo EMUI 8.0, que, em combinação com o processador Kirin 659, irá aprender os hábitos de cada utilizador para proporcionar uma melhor experiência. Lá está, a mesma oferta que temos num Mate 10 Pro volta aqui a ser aplicada, devendo culminar numa gestão de bateria muito interessante. Neste ponto em específico, o P Smart conta com uma bateria de 3000mAh.

Do breve hands-on a que tivemos acesso, confirma-se a boa qualidade de ecrã, assim como de construção. O smartphone cabe perfeitamente na mão e é bastante leve. Resta mesmo um análise profunda, prometida para breve aqui no Echo Boomer, para saber como se comporta no dia-a-dia de utilização regular.

Para já, vai estar disponível nas cores blue, gold e black a partir de 5 de fevereiro por um preço recomendado de 279€.


 

- Publicidade -

Sigam-nos

10,595FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
609SeguidoresSeguir

Relacionados

Huawei P40 Pro+ chega a Portugal a 10 de julho. Preço? 1399€

A marca oferece uns produtos bem simpáticos na campanha de lançamento.

Vivo X50 Pro e X50 Pro+ são os primeiros smartphones com um sistema de câmara gimbal

Na prática, significa que deverão oferecer uma estabilização sem precedentes no que toca à captura de fotos e vídeos.

Samsung Galaxy Z Flip. Afinal, como é ter um smartphone que se dobra em concha?

Durante estes dias, tive oportunidade de usar e abusar do mais recente dobrável da Samsung. Mas será este um smartphone para todos?

OPPO A91 já está disponível em Portugal

À venda nas principais lojas por 359€.
- Publicidade -

Mais Recentes

Ru Sinel de Cordes vai ter mais duetos com humoristas no Porto

Depois do sucesso das quatro primeiras datas, seguem-se outras tantas com novos convidados.

A Corsair tem um touchscreen dedicado aos teclados

Um companheiro útil para quem passa muito tempo na secretária.