Histórica loja Viúva Lamego fecha portas no final deste mês

A Viúva Lamego continuará a produzir na fábrica-atelier, na Abrunheira, Sintra, onde tem também o showroom aberto ao público.

Viúva Lamego
- Publicidade -

A COVID-19 fez mais uma vítima. No final deste mês de abril, a icónica loja Viúva Lamego, situada em Lisboa, no Largo do Intendente, vai encerrar portas após 172 anos de de existência.

Reconhecida e distinguida como Loja com História – um projeto da Câmara Municipal de Lisboa – e com a classificação de imóvel de interesse público, este é um espaço de referência da azulejaria portuguesa. A história da Viúva Lamego permanecerá ligada à icónica fachada do edifício, em azulejo de estilo naïf oitocentista, um exemplo pioneiro no uso do azulejo como meio publicitário.

A Viúva Lamego continuará a produzir na fábrica-atelier, na Abrunheira, Sintra, onde tem também o showroom aberto ao público. Com uma forte presença internacional e com colaborações permanentes com artistas, arquitetos e designers de referência, a Viúva Lamego mantém o espírito inovador e de abertura ao mundo, conciliando a preservação do legado com a inovação.

Com o intuito de assegurar o futuro e de responder aos desafios atuais, a marca prepara agora a abertura de uma loja online.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
785SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

Lidl reabre loja na Rebelva, em Cascais

Esta loja veio substituir a anterior, construída há 26 anos.

ZU ganha loja em Santarém

A loja está localizada na Galeria Comercial Continente de Santarém.

Há uma nova loja Lidl em Fernão Ferro

Com este novo espaço, a empresa passa a contar com oito lojas no concelho do Seixal.

Há uma nova loja Meu Super em Avelar, no concelho de Ansião

É a 20ª loja Meu Super no distrito de Leiria.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Reconstrução do Muro das Namoradeiras no Terreiro do Paço está finalizada

A reconstrução do Muro das Namoradeiras envolveu a inventariação de mais de 400 pedras que se encontravam depositadas nas instalações do Metro da Pontinha.

Não responder aos Censos 2021 dá origem a uma multa que vai dos 250 até um máximo de 100 mil euros

Sim, é mesmo essa informação que surge no Decreto-Lei n.º 54/2019 de 18 de abril.

Testagem gratuita à Covid-19 alargada a todos os moradores da cidade de Lisboa

Quer isto dizer que o Plano Municipal de Testagem, anunciado em março passado, deixa de estar limitado aos moradores das freguesias com mais de 120 casos por 100 mil habitantes e a cidadãos maiores de 16 anos.