Hania Rani no Porto – Intimismo em noite de estreia e de aniversário

- Publicidade -

Foi na passada quinta-feira, 5 de setembro, que a pianista e compositora polaca Hania Rani se estreou na cidade do Porto. O local escolhido pela promotora Gig Club foi nada mais, nada menos, que o renovado auditório do Círculo Católico de Operários do Porto, que registou sala cheia e uma receção bem calorosa em dia de aniversário da artista. Em troca, Hania apresentou-nos o seu primeiro longa-duração, Esja, gravado na tão bela cidade de Reiquiavique após convite do engenheiro de som islandês Bergur Porisson.

Esja é composto por 10 temas tão singulares e que resultam no seu primeiro testemunho real e pessoal como artista. Neste álbum, Hania usa, de uma forma geral, um estilo bastante percussivo, onde utiliza os acordes como padrões e adicionando melodias mais minimalistas. 

Apenas com o piano bem ao centro do palco, num ambiente minimalista e bastante intimista, Hania Rani conquistou desde logo os presentes com tamanha leveza e delicadeza das suas mãos ao encontrarem as teclas a combinarem na perfeição com a sua melódica e bucólica voz.

O seu corpo “deambulava” em torno do piano, enchia a sala com a beleza da estética da música neo-clássica e cada tema interpretado era uma viagem sensorial para o interior do mundo da artista polaca.

Hania Rani é, seguramente, uma artista a seguir e que esperemos voltar a recebê-la em breve, de preferência com novos projetos e novas “viagens”.

Fotos de: Telmo Pinto

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome