fbpx

Há 100 ovos da Páscoa para apanhar na Kapten. E cada um tem 10€ em créditos

Numa altura em que se começam a ver iniciativas sem fim relacionadas com a Páscoa, nem a Kapten conseguiu ficar indiferente. E ainda bem, dizemos nós. É que existem ovos de chocolate para apanhar. E cada um deles traz 10€ em crédito para usar na plataforma.

É simples. Até dia 21 de abril, estarão a ser distribuídos pelos veículos Kapten um total de 100 Ovos da Páscoa. Depois, sempre que apanharem um Kapten, devem procurar pelo ovo em todos os cantos do carro, sem colocar em perigo a condução do motorista, claro.

Se forem um dos felizardos, ganham o tal vale de 10€ em créditos. A Kapten pede ainda que partilhem a vossa conquista com uma foto no Instagram com a hashtag #caçaovokapten.



Mesmo que não encontrem o ovo premiado, é bem possível que consigam apanhar um outro ovo de chocolate. Afinal, Páscoa que se preze tem de ter chocolate.

A Kapten (anteriormente Chauffeur Privé) chegou a Portugal no ano passado. Vejam aqui a nossa opinião sobre o serviço. E não se esqueçam: adicionem o código ALELOP49 antes da vossa primeira viagem para garantir que conseguem um desconto adicional de 3€ nas primeiras quatro viagens, totalizando um desconto total de 12€.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Foi bom enquanto durou. App da Kapten deixa de funcionar em Portugal

Claro, não quer dizer que o serviço deixou de funcionar por cá. Apenas migrou para a Free Now.

Clientes Kapten prestes a serem migrados para a Free Now

Depois dos motoristas, vai chegar a vez dos clientes.
- Publicidade -

Mais Recentes

Escola de Medicina da Universidade do Minho lança plataforma de autoavaliação da saúde mental

A Escola de Medicina da Universidade do Minho, em colaboração com o seu Centro de Medicina Digital P5, desenvolveu uma plataforma gratuita que permite fazer uma autoavaliação da saúde mental.

Domino’s Pizza chegou a Leiria

A marca continua a sua expansão por Portugal.