Uma novidade que surpreendeu tudo e todos. Esta primeira preview build para programadores da próxima versão do Android, sistema operativo da Google, era esperada apenas para o final de Abril, no entanto, a gigante tecnológica antecipou-se, o que mostra claramente vontade de lançar mais rapidamente no mercado a próxima actualização do SO móvel.

Mas o que todos querem saber é: quais as novidades?

Neste Android O (será de Oreo? Bem sabemos a paixão da Google por coisas doces…), a empresa de Mountain View deverá deixar de lado as mudanças no design. Ou seja, tudo leva a crer que seja uma actualização do Android que, no final, facilite a vida ao utilizador comum.

Podes esperar uma limitação de aplicações em segundo plano para uma maior autonomia dos equipamentos, sendo que isto resulta, por exemplo, com o sistema a limitar a actualização da localização dos utilizadores; conta também com uma nova forma de gerir as notificações, isto é, o novo Android irá agrupar as notificações por categorias, para que não tenhas de ser constantemente incomodado com dezenas de notificações no ecrã. Poderás ainda desligar as notificações durante certos períodos de tempo, para que não tem incomodem quando não é oportuno.

E o Picture-in-Picture (Pip), sabes o que é? A possibilidade de usares janelas flutuantes ao mesmo tempo que usas outras aplicações. Confuso? Imagina que estás a ver algo no Youtube no teu smartphone ou tablet, mas que precisas de fazer um tweet ou responder a alguém no Messenger do Facebook. No Android O vais conseguir fazer isso.

Outra das novidades está relacionada com os ícones, ou seja, estes poderão assumir diferentes formas, consoante a necessidade da interface ou do tema que tiveres aplicado ao teu Android. Será um novo sistema de camadas e máscaras que dará às apps a possibilidade de se adaptarem a vários estilos visuais.

Existe ainda uma novidade no teclado do Android, que trará ao utilizador a possibilidade de usar setas para navegação.

Mas uma das novidades que mais ansiamos é precisamente o melhoramento de som com codecs áudio para equipamentos wireless/Bluetooth. Se és utilizador do Android e tens uns auscultadores sem fios, por esta altura saberás que a qualidade de som não é a melhor. Todavia, a nova actualização do SO da Google terá suporte às codificações LDAC da Sony, de modo a melhorar a qualidade de som. Claro, não será como teres o produto ligado por cabo ao telemóvel e apenas os equipamentos com LDAC conseguirão tirar proveito desta novidade, no entanto, é uma clara demonstração que o departamento do aúdio não está esquecido.

Se és programador e ficaste com vontade de testar esta primeira versão do Android O, podes fazê-lo neste link. Já sabes, vais precisar de um emulador para desktop ou de possuíres um Nexus 5X, Nexus 6P, Nexus Player, Pixel, Pixel XL ou Pixel C.

Quanto ao Android, mais novidades deverão surgir na conferência I/O da Google, a decorrer de 17 a 19 de maio no Shoraline Theater, em Mountain View, no estado da Califórnia, Estados Unidos, onde, provavelmente, será revelada a data de lançamento da versão final do Android O, que também deverá coincidir com a apresentação dos novos equipamentos Pixel.