Depois da Uber Eats, também a Glovo já permite que os clientes recolham diretamente os pedidos nos restaurantes

É, portanto, uma forma de poupar nas taxas de entrega.

Açores
- Publicidade -

Foi no passado mês de junho que a Uber Eats começou por avançar com a funcionalidade de recolha de refeições por parte dos próprios clientes nos restaurantes. Agora, cinco meses depois, é altura da Glovo avançar com essa novidade.

Na prática, isto faz com que os utilizadores possam encomendar algo através da aplicação da Glovo e efetuar a recolha diretamente no restaurante. Basta depois mostrar o código de recolha no momento de ir buscar a encomenda.

Vantagem? Ao ser o utilizador a recolher o pedido, não existirá qualquer taxa de entrega da refeição. Além disso, evitam-se filas e tempos de espera até que o estafeta passe pelo estabelecimento a recolher a refeição e, depois, que faça a viagem até à morada indicada pelo cliente.

Adicionalmente, os custos logísticos associados a esta opção são significativamente inferiores à opção de entrega em casa, pelo que esta modalidade permite também uma redução substancial da comissão desse serviço cobrada ao restaurante.

O recurso ao mapa para pedidos de pick-up disponível também ajuda os utilizadores a explorar os restaurantes abertos nas proximidades. Com a introdução desta opção, os restaurantes podem oferecer aos utilizadores uma alternativa à entrega e incentivá-los a visitar os seus estabelecimentos.

Ainda em relação a esta novidade do Pickup, seria interessante que a Glovo desse maiores descontos aos clientes. Porque senão vejamos: qual é a vantagem de pedir algo via Uber Eats e levantar no restaurante, quando ligar diretamente para o local e fazer na mesma a recolha fica mais barato?

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Glovo adquire o Mercadão

Esta aquisição vai fortalecer a oferta da Glovo, com um foco maior em compras semanais e planeadas.

Uber Eats junta-se a várias marcas para entregar testes rápidos em casa

Podem escolher tanto testes PCR como antigénio.

Estafetas manipulam GPS para ganharem vantagem nas plataformas de delivery

A Uber sabe disso e já começou a avisar quem está a "jogar sujo".
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Amazon confirma que spin-off de The Boys está em desenvolvimento

Ainda não tem nome nem data de estreia.

Inaugurados dois pontos de carregamento ultrarrápidos nas áreas de serviço de Penafiel

A parceria que a Repsol tem com a Brisa e a EDP Comercial vai possibilitar a instalação de 34 pontos de carregamento ultrarrápido e rápido nas autoestradas do país.

Village Underground reabre clube esta quinta-feira

A entrada na esplanada mantém-se gratuita.