fbpx

Depois de “The X-Files”, Gillian Anderson tem nova série na Netflix

Chama-se Sex Education e conta a história de Otis Milburn (Asa Butterfield) – um encantador mas dramático adolescente que é virgem e que vive com a sua mãe, Jean (Gillian Anderson), uma terapeuta sexual. Rodeado por manuais, vídeos e conversas entediantes sobre sexo, Otis é um relutante expert no tema.

Quando a sua vida “caseira” é revelada na escola, Otis percebe que pode usar o seu conhecimento de “expert” para ganhar status. Faz dupla com Maeve, uma bad-girl do liceu e, juntos, montam uma clinica de terapia sexual clandestina para dar apoio aos seus colegas de liceu e aos seus fantásticos problemas. Ao analisar a sexualidade adolescente, Otis apercebe-se que talvez ele próprio precise de terapia.

Sex Education conta ainda, no seu elenco, com Emma Mackey como Maeve, Ncuti Gatwa é Eric, o melhor amigo de Otis, Connor Swindells é Adam o bully da turma, e Kedar Williams-Stirling é Jackson, líder e galã.

Sex Education é uma série Original Netflix composta por oito partes criada e escrita por Laurie Nunn e com realização de Ben Taylor (Catastrophe). A série é produzida pela empresa Eleven, sediada no Reino Unido, gerida pelos diretores criativos Joel Wilson e Jamie Campbell e o MD Dan Cheesbrough.

As filmagens de Sex Education estão a decorrer no Reino Unido. Para já, sabe-se apenas que a série vai estrear no serviço de streaming em 2019.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Crítica – Enola Holmes

Enola Holmes oferece uma agradável e refrescante visão de uma franchise que pode ter ganho um novo futuro.

Crítica – The Devil All The Time

The Devil All The Time pode não ser indicado para aqueles que têm uma visão muito pessoal sobre a religião. Já para outros será um filme que tardará a desaparecer da memória.

Doom Patrol renovada para uma terceira temporada

Em Portugal, a série está atualmente presente na HBO Portugal.
- Publicidade -

Mais Recentes

Crítica – Enola Holmes

Enola Holmes oferece uma agradável e refrescante visão de uma franchise que pode ter ganho um novo futuro.

Análise – Xiaomi Mi TV Stick

A pen que transforma uma TV antiga numa SmartTV.