Os futuros jogos da Bethesda vão ser exclusivos a plataformas com o Xbox Game Pass

- Publicidade -

Phill Spencer explicou como é que exclusividade vai funcionar.

Agora que a Bethesda se juntou à Xbox, uma grande porção de algumas das séries mais importantes da indústria dos videojogos ficou nas mãos da Microsoft. Com um casamento tão grande, é normal que sejam levantadas questões sobre o futuro dos seus jogos, como é que as séries mais populares serão lançadas e para onde irão novas aventuras.

Em conversa numa transmissão dedicada à junção da Bethesda à família da Xbox, Phill Spencer tentou responder a esta questão de forma clara, mas sem dar ainda muitos pormenores. Segundo o chefe da divisão da Xbox, os futuros jogos da Bethesda serão exclusivos a plataformas onde o Xbox Game Pass exista, mas a mensagem não se fica por aqui.

Temos jogos que existem noutras plataformas e vamos continuar a dar suporte a esses jogos nessas plataformas”, começou por explicar Spencer. “Há comunidades de jogadores, adoramos essas comunidades e queremos continuar a investir nelas, mesmo que no futuro existam elementos contratuais ou de legado em diferentes plataformas.”

Algo que poderá ser referente a projetos como Ghostwire: Tokyo ou Deathloop, que atualmente têm lançamento nas consolas, em exclusivo na PlayStation, ou referente a jogos como The Elder Scrolls Online e Fallout 76, que são experiências multijogador e multiplataforma.

Mas se forem um consumidor Xbox, o que queremos que saibam é que isto é sobre entregar-vos ótimos exclusivos nas plataformas onde o Game Pass exista, e esse é o nosso objetivo”, acrescenta Spencer, explicando e confirmando aos fãs da Xbox que esta aquisição da Bethesda terá mesmo as suas vantagens.

A escolha de palavras de Spencer é, contudo, interessante, uma vez que não refere em concreto a Xbox, o PC ou até dispositivos móveis (onde o Xbox Game Pass está disponível via xCloud), pois no futuro o serviço poderá mesmo chegar até mais sítios, como por exemplo às nossas TVs.

Uma coisa é certa: com ou sem exclusivos, a Xbox garante, assim, um futuro brilhante com mais experiências e jogos. Para já, destacam-se dois grandes títulos em desenvolvimento, The Elder Scrolls 6 e Starfield.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes