Há um Funko Pop! do Iron-Man exclusivo na FNAC

Não parece, mas faz em abril de 2020 um ano desde que Avengers: Endgame estreou nos cinemas. E talvez seja por isso que só agora é que aparece um Funko para imortalizar uma das cenas mais importantes de todo o Universo Cinemático da Marvel: O último “snap”.

Com lançamento no dia 19 de março, a FNAC revela que vai lançar, em exclusivo, uma figura muito especial de Iron-Man em Avengers: Endgame, com o nosso herói de joelhos prestes a estalar os dedos, no momento em que no filme diz “I am Iron-Man.”

Esta figura, número 580, também se destaca por outro detalhe, que é o de brilhar no escuro.

Apesar do seu lançamento em março, a Funko Pop! Avengers Endgame: I Am Iron Man já pode ser reservada com um desconto especial de 10%, ficando por 17,99€ em vez dos 19,99€.

*SNAP* "You can rest now…" o Funko Pop! I am Iron Man vem aí. Já está disponível em pré-venda (em exclusivo na FNAC) bit.ly/ironmanfnac

Publicado por Fnac Portugal em Quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020
Fonte:FNAC
- Publicidade -

Sigam-nos

10,558FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
610SeguidoresSeguir

Relacionados

Torres Novas. Loja FNAC abre a 1 de junho

É a 34ª loja da empresa em Portugal.

Apple Pay já está disponível para clientes FNAC

Mas atenção, é necessário ter Cartão FNAC Crédito, claro.

Lojas FNAC reabrem já esta sexta-feira

Exceto as lojas FNAC do Aeroporto de Lisboa e do Instituto Superior Técnico.

FNAC e a Kobo disponibilizam mais de 260 mil audiobooks e ebooks gratuitos

Esta é uma iniciativa a pensar não só nos amantes de leitura, mas também para aqueles que ainda não descobriram os prazeres da literatura, uma vez que não podemos somente ver séries, filmes ou jogar vídeojogos.
- Publicidade -

Mais Recentes

ZenZoe. Chegou a Portugal o robô que desinfeta áreas e objetos propícios à transmissão de COVID-19

O ZenZoe foi desenvolvido pela ASTI Mobile Robotics, empresa de tecnologia e robótica sediada em Espanha,...

Crítica – The King Of Staten Island

The King Of Staten Island emprega uma fórmula muito conhecida (e demasiado utilizada) que se estende em demasia, mas Judd Apatow equilibra-a com um sentido de humor negro com a ajuda dos seus co-argumentistas.

Análise – Mr. Driller DrillLand

Uma remasterização do clássico de 2002 que pouco adiciona ao original no que toca a conteúdos.