As 19 freguesias da Área Metropolitana de Lisboa deixam de estar em Estado de Calamidade

Mantém-se, portanto, o Estado de Contingência.

Estado de Calamidade
- Publicidade -

No passado mês de junho, o Governo decretou novas regras em cinco concelhos de Lisboa e Vale do Tejo e algumas freguesias de Lisboa, Sintra e Loures, tudo devido ao aumento de casos de COVID-19 acima de qualquer outra região do país.

E é desde essa altura que 19 freguesias têm permanecido em Estado de Calamidade. Aliás, já no passado dia 13 de julho, o Governo decidiu mesmo prolongar essa situação. Agora, porém, com a situação a dar sinais de abrandamento, eis que é decretado o fim do Estado de Calamidade nessas freguesias.

Quer isto dizer, portanto, que estas freguesias passam ao Estado de Contingência, o que já sucedia na restante Área Metropolitana de Lisboa. Porém, as restrições mantêm-se. As lojas continuam a fechar às 20h e os supermercados e restaurantes às 22h. Continua também a ser proibido beber na rua.

- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

Há um novo cartão para a utilização dos transportes da Área Metropolitana de Lisboa

O navegante vem substituir o anterior cartão Lisboa Viva.

Portugal volta ao Estado de Calamidade

O primeiro-ministro António Costa considerada "grave" a evolução da pandemia.

Área Metropolitana de Lisboa vai continuar em Estado de Contingência

O período de medidas excecionais termina esta sexta-feira, mas o Governo vai prolongar a situação até final de agosto.

Estado de Calamidade prolongado por mais 15 dias em 19 freguesias de Lisboa

O Governo decidiu manter o país em estado de alerta. Lisboa mantém-se em fase de contingência, à exceção das tais 19 freguesias.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

60.000 jovens vão poder fazer um Interrail gratuito já em 2022

Poderão viajar por um período máximo de 30 dias.

Chegou o trailer oficial da 3ª temporada de You

E muita coisa vai acontecer nos novos episódios. Depois das primeiras imagens e da data de estreia da terceira temporada,...

10.ª edição do Open House Lisboa leva-nos a descobrir “Os Caminhos da Água” com várias visitas gratuitas na capital e em Almada

25 e 26 de setembro são as datas do regresso do incontornável fim de semana de visitas gratuitas que desafia a percorrer e a desvendar a cidade através da arquitectura.