FNAC Live acontece já hoje

Já aqui falámos deste evento, amplamente conhecido por dar oportunidade de divulgação aos novos talentos da música nacional. Naquela que é a sétima edição, o FNAC Live 2019 apresenta não só artistas já consagrados, como artistas emergentes.

Orelha Negra, Best Youth, Glockenwise, Joana Espadinha, Dj Fellaz, Tape Junk, Cassete Pirata, Churky, Yagmar, They Must Be Crazy e RUSSA. São estes os nomes confirmados para a 7ª edição do festival FNAC Live, a decorrer a 14 de setembro no Pavilhão Carlos Lopes (Parque Eduardo VII), em Lisboa.

E se já conhecíamos o cartaz, faltava apenas ser desvendado os horários. E ei-los.

HoráriosFNACLive2019

Recorde-se que o FNAC Live estará dividido por dois palcos, um exterior e outro interior. Os concertos começam às 15h, com a rapper portuguesa RUSSA, e apenas terminam às 00h30, com um concerto especial dos Orelha Negra.

A entrada para o festival é feita pelo Parque Eduardo VII. Existem duas zonas lounge onde os visitantes podem descansar, ou, para quem preferir, poderão ver no recinto um artista plástico a desenvolver uma instalação ao vivo.

Há também, claro, uma zona de streetfood, onde se contam marcas como a Trinkaki, Piadina’s Wine & Co, Chicken, Chips & Co, Nut’, Cachorro Vadio e Ohana.

Para aqueles que não conseguirem ir, saibam que a Antena 3 estará a acompanhar o FNAC Live em direto. E pode (e devem) manter-se atentos ao Facebook da FNAC.

- Publicidade -

Sigam-nos

10,454FansCurti
4,046SeguidoresSeguir
531SeguidoresSeguir

Relacionados

EDP desafia artistas nacionais a reinventar a celebração da música tradicional portuguesa

O Let’s Go Local é o mais recente desafio do movimento Portugal #EntraEmCena, que quer dar palco a músicos portugueses.

MEO Marés Vivas. Bilhetes para a edição deste ano não são válidos para 2021

Devido a todas as dúvidas que se têm gerado, a PEV Entertainment, promotora do festival, criou uma FAQ onde responde a todas as questões.

Novo álbum dos Disclosure chama-se ENERGY e é lançado a 28 de agosto

Foi também revelado o nome do primeiro single, que tem o mesmo nome do álbum dos irmãos Lawrence.
- Publicidade -

Mais Recentes

Crítica – Shirley

Shirley é, sem dúvida alguma, cinema de autor por parte de Josephine Decker, que entrega uma biopic única que quebra todas as limitações impostas pelo género.

Bolt recomeça expansão e chega a Évora

É a primeira cidade no Alentejo a receber este serviço.