Oeiras recebe festival com programação contínua de videoarte nacional e internacional

- Publicidade -

O FUSO acontece nos últimos dias de julho.

Vivem em Oeiras ou perto e não tinham nada programado para os últimos dias do mês? Então apontem na agenda. Vai ter lugar nos dias 30 e 31 de julho, no Centro de Arte Contemporânea – Palácio Anjos (CAC – PA), o FUSO, o único festival com programação contínua de videoarte nacional e internacional em Lisboa.

O evento oferece uma programação que vem ao encontro dos objetivos do festival de divulgar a videoarte realizada em Portugal, assim como formar novos públicos e estimular o pensamento critico da população local.

As sessões acontecem nos dias que já mencionámos, às 21h, e a entrada é livre (limitada à capacidade do espaço e de acordo com as normas da DGS).

A primeira, com curadoria de Jean-François Chougnet, é dedicada à produção da videoarte nacional, apresentando as obras selecionadas e premiadas no Open Call 2020.

A segunda sessão, a cargo da curadora Cristiana Tejo, apresenta vídeos que re-imaginam radicalmente o mundo a partir de feminilidades múltiplas e de corpos e sexualidades dissidentes.

O FUSO foi criado em 2009 e confrontando linguagens já canônicas às mais contemporâneas, mostra obras em vídeo que cruzam as artes plásticas, a performance, o cinema, a literatura e os meios digitais, propondo uma nova abertura à imagem em movimento do século 21.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes