Fat White Family vêm dar dois concertos a Portugal

- Publicidade - trk
- Publicidade -

Não só vêm dar dois concertos, como é a estreia dos Fat White Family em nome próprio em Portugal. A banda, liderada por Saul Adamczewski e pelos irmãos Saoudi, lançou este ano o novo álbum Serfs Up!, adaptado de um clássico dos Beach Boys, e é precisamente esse trabalho que vêm cá apresentar.

Os concertos estão programados para o Hard Club, no Porto, no dia 4 de fevereiro de 2020, e para o Lisboa ao Vivo no dia seguinte.

Do novo trabalho da banda, que sucede a Champagne Holocaust (2013) e Songs for Our Mothers (2016), destaca-se o single “Tastes Good With The Money”. De resto, parece que os fãs têm vindo a adorar o novo registo dos Fat White Family.

Quanto aos concertos, estarão à venda a partir de amanhã aqui e nos locais habituais, a partir de 23€.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

Música – Álbuns essenciais (janeiro 2022)

A primeira seleção de 2022 está aí e já temos um forte candidato a álbum do ano!

Ouve aqui o tema principal de The Batman

Michael Giacchino revela ao mundo a sua versão do tema do Batman.

Os 50 melhores álbuns de 2021

Após um 2020 que obrigou todo o mundo a ficar por casa, tinha a esperança que isso trouxesse muita diversidade de álbuns de qualidade. A minha intuição estava correcta, de facto!

Música – Álbuns essenciais (outubro 2021)

Um mês de regressos surpreendentes e de estreias muito interessantes.
- Publicidade -
- Publicidade - trk
- Publicidade -

Mais Recentes

Linha do Oeste vai ser finalmente modernizada

A capacitação da Linha do Oeste, até Caldas da Rainha, possibilitará a redução do tempo de viagem entre Caldas da Rainha – Lisboa e Torres Vedras – Lisboa em cerca de 30 minutos.

Stormzy fora do NOS Alive 2022. Horários já estão disponíveis

Está naquela altura de fazer escolhas.

Governo vai avançar com aeroportos no Montijo e em Alcochete. O de Lisboa é para fechar

O do Montijo, que será complementar, deverá estar pronto em 2026. Já o de Alcochete, que substituirá o de Lisboa, estima-se que entre em funcionamento em 2035.