Os famosos azulejos de Famalicão vão ser restaurados

- Publicidade - trk
- Publicidade -

O custo da obra é de 300.000€.

O emblemático edifício da Fundação Cupertino de Miranda de Vila Nova de Famalicão vai iniciar este mês de julho as obras de restauro dos painéis de João Charters de Almeida e Silva que revestem o imóvel, numa intervenção histórica que pretende preservar este ícone da cidade e da região.

Beneficiando da oportunidade proporcionada pela execução das obras de reabilitação urbana, que decorrem no centro da cidade, onde se situa precisamente o edifício, a Fundação Cupertino Miranda decidiu avançar agora com esta intervenção de restauro.

Com um orçamento global na ordem de 300.000€, a obra contará com um apoio municipal de 150.000€, o que corresponde a 50% do valor. Para a realização da intervenção, a Fundação Cupertino de Miranda conta com a empresa Signinum, uma das mais experientes em Portugal na área do restauro. Para apoio na análise e na seleção das melhores técnicas e materiais, contará com o apoio cientifico de responsáveis do Instituto Politécnico de Tomar e da Universidade de Aveiro.

A torre da Fundação, com 34 metros de altura, é revestida exteriormente, em toda a sua extensão, por quatro painéis de azulejos superiores, mais seis ao nível do piso do rés-do chão. Trata-se de um edifício emblemático tanto pelo seu revestimento azulejar, da autoria de Charters de Almeida, como pela estrutura helicoidal interior da torre com 10 pisos.

Cada painel tem uma alegoria diferente, que representam o intuito do fundador: À Educação e às Artes; Conjugação dos esforços; O Homem e o Universo; Proteção. O edifício da Fundação Cupertino de Miranda foi inaugurado a 8 de dezembro de 1972. Atualmente, o edifício acolhe o Centro Português do Surrealismo.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

Famalicão ganha novo hotel de três estrelas este ano

O grupo francês B&B Hotels é o responsável por esta nova aposta no país.

Jovens de Famalicão convertem torres do Edifício das Lameiras no maior projeto de arte urbana do Minho

As quatro torres do Edifício das Lameiras, complexo localizado numa das principais artérias do centro de Vila Nova de...
- Publicidade -
- Publicidade - trk
- Publicidade -

Mais Recentes

Santa Catarina Sushi Bar. O novo restaurante do Chiado tem tudo para conquistar

Além de sushi, há ainda tacos e ceviche, num restaurante super agradável e que vai ao encontro daquilo que os clientes procuram.

Já podem ter uma party night no Mex Factory

O que significa já podem jantar naquele espaço inserido no icónico LX Factory.

Faro e Oeiras avançam com primeiros contratos PRR para 163 casas

Em Faro, o investimento estimado é de 8,2 milhões de euros, ao passo que, em Oeiras, o investimento é de 19,4 milhões de euros.