- Publicidade -

Facebook Tinder? É bem provável que comeces a fazer match de outra forma

-

Sejamos sinceros: grande parte dos utilizadores já experimentou o Tinder, nem que fosse por mera curiosidade de forma a perceber como funcionava a famosa app. Mas depois foi a altura de desinstalar e regressar ao local do costume, o Facebook Messenger.

E como o Facebook sabe que a sua app é muito usada para marcar encontros, porque não melhorar essa experiência? Para já em testes em Toronto, a maior cidade do Canadá, e na Nova Zelândia, a ideia de Mark Zuckerberg passa por promover encontros entre utilizadores do Messenger, funcionando apenas para utilizadores que já sejam amigos naquela rede social. Rip-off? Nem por isso, digamos apenas que é uma inspiração.

O funcionamento é simples. Basicamente, o Messenger irá apresentar uma notificação onde mostrará uma lista de amigos que poderão estar interessados em encontrar-se contigo, sendo que as respostas serão simples: “sim” e “não, obrigado”. Depois, a tua resposta será mantida em segredo a não ser que a pessoa do outro lado responda afirmativamente ao que foi sugerido. Ou seja, se responderes “não”, o outro utilizador não ficará a conhecer a tua resposta.

Se te recordares do Tinder, saberás que os diálogos apenas começam caso exista um “match”, isto é, caso ambos os utilizadores tenham interesse em conhecer-se um ao outro. Mas a grande diferença entre Tinder e Facebook é que, enquanto a primeira visa, sobretudo, juntar desconhecidos, a nova ferramenta da rede social de Zuckerberg servirá apenas, como já dissemos anteriormente, para quem é amigo no Facebook. Ou seja, servirá para facilitar cada vez que quiseres combinar algo com alguém.

Esta novidade foi avançada pela publicação online Motherboard, pertencente à Vice, através do jornalista Jacob Dubé, que já teve acesso a esta funcionalidade experimental.

“Enquanto estava a usar o Facebook no meu telemóvel na quarta-feira à noite, deparei-me com uma notificação que dizia ‘[Nome de um amigo] e 15 outros podem querer encontrar-se contigo esta semana”, avançou Dubé. Depois, ao carregar nessa ligação, era aberta uma página como fotografias dos amigos do Facebook, perguntando se desejava encontrar-se com cada um deles, em separado. E então vinha o tal “sim” ou “não, obrigado”.

Resta saber se esta funcionalidade irá ser implementada ou se, de facto, trata-se de uma mera experiência.

Segue-nos nas redes sociais no FacebookTwitter e Instagram.

- Publicidade -

Sigam-nos

10,027FãsGostar
4,039SeguidoresSeguir
501SeguidoresSeguir

Mais Recentes

Análise – Darksiders Genesis (Nintendo Switch)

Com uma nova perspetiva e assente numa experiência RPG, Darksiders Genesis é uma boa distração da série principal, dando-nos um olhar sobre os acontecimentos que antecederam o Apocalipse que destruir a Terra.

Peoople. Que rede social é esta que toda a gente está a falar?

Sim, é mesmo assim que escreve. Peoople. Surgiu em 2017, e, em menos de três anos, conseguiu dois milhões de utilizadores. Chegou recentemente a Portugal e, desde então, os portugueses ficaram loucos. Mas porquê?

Milky Chance no LxFactory – Uma noite de verão

Poderia muito bem ser um concerto no meio do deserto, com cactos à volta, um areal quente e o barulho das cigarras a enfeitar a voz rouca de Clemens Rehbein, o vocalista da banda alemã Milky Chance, mas o espaço do LxFactory, em Lisboa, preencheu, e bem, o propósito.

Porto. Abrigos para autocarros STCP vão ser mais confortáveis para os passageiros

A cidade do Porto prepara-se para uma mudança na via pública.

Microsoft Flight Simulator vai deixar-te voar pelo mundo inteiro e aterrar em todos os aeroportos

A nova versão do Microsoft Flight Simulator promete ser a mais ambiciosa da história da série.
- Publicidade -