fbpx

Extinta Wow Air dá lugar à companhia aérea PLAY

Se os leitores do Echo Boomer são daquelas pessoas que viajam bastante, ou têm o mínimo de curiosidade para saber o que se passa no mundo das companhias aéreas, decerto devem ter notado que, em março deste ano, a WOW Air cessou atividade, prejudicando uma série de passageiros. Agora, das cinzas da empresa, renasce outra, a PLAY.

Na altura da extinção, a WOW Air fez saber que os passageiros que sofreram uma perturbação de voo elegível para compensação já não poderiam solicitar qualquer indemnização, a menos que o seu voo tivesse sido operado por uma companhia aérea diferente. No entanto, havia possibilidade de serem ressarcidos. Basicamente, os passageiros afetados poderiam assegurar o bilhete de regresso a casa se tiverem adquirido o bilhete como parte de um pacote de viagem.

Além disso, se os passageiros tivessem reservado voo através de uma agência de viagens ou de uma companhia aérea parceira, podiam ser ressarcidos neste caso, uma vez que as agências dão a opção de se optar por um plano de seguro de viagem. Já outra opção era destinada a quem tivesse pago com cartão de crédito, uma vez que esse pagamento poderia ser creditado na conta da companhia aérea. Mesmo que os montantes já tivessem sido debitados, tratando-se de um caso de falência, era possível conseguir o reembolso.

Tudo isto para dizer que, na nova PLAY, isso não interessa nada. Passado é passado e não há quaisquer referências à extinta WOW Air ou a compensações financeiras. Há, sim, pontos em comum.

Por exemplo, o modelo de negócio é o mesmo. Isto é, uma agressiva política de preços low cost, o que pode não funcionar em relação a outras concorrentes já bem estabelecidas no mercado que, além de terem a preferência do cliente, garantem também preços baixos.

Outro ponto em comum é o facto de usar os mesmos aviões da extinta WOW Air, como os Airbus A320. Afinal de contas, uma empresa pode falir, mas os seus equipamentos estarem impecáveis. Neste caso, foi o que aconteceu com estas aeronaves.

No entanto, espera-se que, até julho de 2020, a PLAY possa ter seis aviões Airbus A321.

Quanto às rotas, serão primeiramente operadas pela Europa, sendo que a chegada aos Estados Unidos irá somente acontecer quando a empresa tiver seis aviões em sua posse.

De resto, este anúncio da PLAY foi feito muito discretamente. De forma a angariar clientes, a PLAY anunciou que irá distribuir 1000 bilhetes a quem se inscrever no site para receber novidades sobre o início das vendas de passagens.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Emirates volta a recrutar tripulantes de cabine em Portugal

A companhia aérea procura homens e mulheres open-minded, com uma atitude prestável, amigável e orientada para o trabalho.

Azores Airlines foi a companhia aérea com mais atrasos em Portugal no ano passado

Os dados são da AirHelp, empresa especializada na defesa dos direitos dos passageiros aéreos e na obtenção de compensações...

A TAP tem novas refeições nos voos de médio curso em classe económica

A TAP apresentou na semana passada as novidades que a companhia vai oferecer aos seus passageiros, já a partir...

Companhia aérea nórdica Primera Air declarou falência e vai afetar passageiros portugueses

A companhia aérea nórdica Primera Air acaba de declarar falência e já deixou de operar voos. Esta decisão da...
- Publicidade -

Mais Recentes

King C. Gillette. Nova marca apresenta-se como a “mais completa de produtos para homens com pelo facial”

A nova marca da P&G inclui 11 produtos essenciais para aparar, barbear e cuidar do pelo facial.

A Amazon lançou um novo Fire Stick e atualizou um dos já existentes

Mas há um problema: a Amazon não está a enviá-los para Portugal.