Exposição mostra o futuro da joalharia portuguesa

Sendo um dos setores da economia com mais rápido crescimento internacional, a joalharia portuguesa está a afirmar-se no mundo pela forma como conjuga a tradição da arte e as técnicas artesanais com uma nova visão criativa e inovadora. Uma joalharia 4.0 para conhecer no espaço 560 do Ministério da Economia até 19 de outubro.

- Publicidade -

A exposição Shapers 4.0 conta a história de doze artesãos, mestres do ofício, que cravam em cada peça o saber-fazer e experiência passados de geração em geração e acrescentam um cunho pessoal de inovação e criatividade. Uma experiência sensorial que transporta o visitante para o ambiente das oficinas tradicionais, através de sensações, sons e interações.

A mostra, também ela totalmente digital, acompanha um ciclo de debates com as marcas e os protagonistas que estão a liderar a transição da joalharia portuguesa para os novos contextos do mercado global e digital. Esta é uma iniciativa da AORP – Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal, a convite do Ministério da Economia.

O próximo debate tem lugar a 1 de outubro, com o tema “Craftsmanship na Economia Global“, e partilha o exemplo duas designers de joalharia reconhecidas internacionalmente: Liliana Guerreiro, que venceu o prémio de “Melhor Peça de Joalharia” na maior feira do setor na Alemanha, a Inhorgenta Munique, e Susana Martins, portuguesa que fez carreira no Dubai, tendo criado a sua marca própria. A gestora e investidora Luísa Delgado junta-se ao painel, moderado por Catarina Portas, d’A Vida Portuguesa.

O ciclo termina a 18 de outubro, com o debate “Social & Instagramables” sobre a importância dos novos canais digitais de contacto com o consumidor, dando o exemplo de marcas que vivem no ambiente digital e utilizam as redes sociais como meio de conexão e influência: Cinco, Mel Jewel e o projeto que reúne várias designers de joalharia contemporânea, a Collectiva.

O espaço 560 do Ministério da Economia fica na Rua da Horta Seca, nº15, em Lisboa. A exposição tem entrada livre e gratuita, entre as 10h e as 17h. As conferências iniciam às 17h e são também de entrada livre, mas é necessário pré-inscrição para o geral@aorp.pt.


 

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

ART & Delivery é a primeira exposição de arte em Portugal inspirada em food delivery

Podem visitar até domingo, dia 29 de novembro, no Palacete Gomes Freire, em Lisboa.

Seis centros comerciais vão receber uma exposição muito especial dedicada a Spongebob

A mostra é aberta a todos os elementos da família e é gratuita.

Conrad Algarve recebe exposição única em Portugal de Mark Evans

O consagrado artista é reconhecido pela precisão cirúrgica com que trabalha um material pouco habitual, a pele.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Shattered: Tale of the Forgotten King – Em terras de Reis

Um projeto ambicioso e muito arrojado que chega finalmente às consolas depois de uma estreia no PC.

Microfone Fifine K658 – O go-to se queres começar no mundo do streaming ou podcasts

É o microfone que precisas para fazer o teu podcast andar para a frente, até porque de lado não capta bem o áudio.