Os milhões de euros do IVAucher vão poder ser utilizados até ao último dia do ano

O objetivo do programa era incentivar o consumo nos setores mais afetados pela pandemia, através da devolução do IVA pago entre junho e setembro, que são agora devolvidos aos consumidores.

- Publicidade -

O Secretário de Estado Adjunto e dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes, disse esta semana, na cerimónia da nova fase do IVAucher, que “o programa irá devolver aos consumidores 82 milhões de euros que podem ser utilizados a partir do dia 1 de outubro até ao dia 31 de dezembro”.

“São 80 milhões de euros que se vão multiplicar, porque a lógica deste programa foi e é sempre de comparticipação numa outra despesa, o que significa que, no mínimo, se todos os 80 milhões forem utilizados, isso significará mais cerca de 160 milhões de euros na economia nestes setores, numa época que é, como sabemos, baixa”, acrescentou.

A cerimónia destinou-se à nova fase do programa, através da assinatura de compromissos de honra de participação no programa IVAucher pelas entidades emitentes de cartões bancários, bem como à entrega simbolicamente o Selo IVAucher às grandes entidades aderentes dos setores alojamento, cultura e restauração.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

IVAucher passa a contabilizar compras de livros e discos

Ainda vão a tempo de se registarem no IVAucher.

Já podem consultar o saldo acumulado em junho com o IVAucher

Nesse mês, foram registadas mais de seis milhões de faturas.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

O novo hambúrguer da Burger Wheels é de comer e chorar por mais

Não só já provámos, como até repetimos.

Blade of Darkness – À lei da espada

Um regresso ao passado competente que merecia algumas melhorias na jogabilidade.