ESPÍRITO: A estreia a solo do compositor Toli César Machado

- Publicidade -

ESPÍRITO é a nova visão musical de Toli César Machado, compositor dos GNR (Grupo Novo Rock) há cerca de 35 anos, que agora se estreia a solo como compositor de todas as canções do primeiro disco, Contrário da Escuridão.

A solo, mas pouco, pois ESPÍRITO é mais um coletivo. Porquê? É que para a lírica das canções, o compositor convidou José Luís Peixoto, Tiago Torres da Silva, Mário João Alves, Adolfo Luxúria Canibal e Jónatas Pires num jogo de sedução criativa onde, em alguns temas, o compositor se inspirou na lírica, e noutros o escritor se inspirou na música, culminando em algo surpreendente.

Para dar voz a oito dos dez temas, Toli César Machado convidou Ricardo Ribeiro, Adolfo Luxúria Canibal, Selma Uamusse, Dom La Nena e Marcela Freitas. Com uma clara intuição por parte do autor de que estes seriam os cantores certos para cada uma das canções, estes com as suas interpretações acabaram por transformar as faixas.

Não menos importante também a colaboração de Rui Maia (X-Wife e Mirror People), convidado para a produção do álbum, no qual mergulhou a fundo e que com a sua estética musical marcada acabou por ter uma contribuição decisiva no resultado final.

O álbum já está disponível para escuta no Spotify e no iTunes.


- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes