Escola Digital. Primeiros 100 mil portáteis começam a ser distribuídos em novembro

Foi em abril passado, quando se soube do regresso da Teleescola (#EstudoEmCasa), que o governo anunciou que seria desenvolvido um programa, Escola Digital, para a disponibilização de equipamentos e acesso à Internet em banda larga para ensino à distância por meios digitais.

- Publicidade -

Pois bem, sabe-se agora que os primeiros computadores vão ser distribuídos durante a primeira quinzena de novembro. Ao todo serão distribuídos cerca de 100 mil computadores portáteis que, segundo Tiago Brandão Rodrigues, Ministro da Educação, destinam-se a escolas dos territórios educativos de intervenção prioritária e a alunos beneficiários da ação social escolar.

“Já foram lançados os procedimentos para a aquisição de um número muito significativo de outros computadores também para alunos com ação social escolar que deverão chegar, esperamos, este ano letivo às nossas escolas”, explicou Tiago Brandão Rodrigues.

O Ministro disse ainda que o plano de transição digital assenta não só na distribuição de portáteis como também “nas questões dos equipamentos e da conectividade”, “na capacitação de professores e no desenvolvimento e disponibilização de recursos pedagógicos digitais e na desmaterialização dos recursos físicos”.

Sobre a capacitação dos docentes, o Secretário de Estado e Adjunto da Educação disse que já foi iniciado o programa de formação, em colaboração com os centros de formação, e que a primeira fase – que arrancou na sexta-feira – vai incluir cerca de 400 docentes, que serão formadores na fase seguinte.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,409FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
655SeguidoresSeguir

Relacionados

Novos portáteis HP Pavilion contêm plásticos reciclados destinados aos oceanos

A utilização desses plásticos é o suficiente para manter aproximadamente 92.000 garrafas de plástico fora dos oceanos e de aterros sanitários.

Novos portáteis da Huawei chegam ao mercado português em março

Para 2020, a Huawei faz um reboot ao seu negócio de portáteis. Como a Microsoft e AMD conseguiram licenças de exportação para trabalhar com a marca chinesa, há novos portáteis da linha Matebook D, que chegam ao mercado português já a 12 de março.

Lenovo tem novos portáteis ThinkBook para empresas

Leves, rápidos e seguros. São estes os três pilares da nova gama de portáteis ThinkBook da Lenovo, disponíveis em...

Novo portfólio da HP inclui portáteis, desktops, monitores e impressoras portáteis

Foi no passado dia 27 de junho que o Echo Boomer, a convite da HP, foi conhecer novos produtos...
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

BPI e Fundação “la Caixa” doam 1.000 computadores a escolas portuguesas

As entregas estão a ser feitas esta semana. De modo a apoiar o ensino digital e à distância de jovens...

Há novos equipamentos made in Portugal que ajudam a combater a COVID-19

São dois modelos distintos e uma solução de engenharia.