Emov superou os 18 mil clientes em Lisboa e vai chegar a Alfragide

- Publicidade -

Foi na semana passada que demos a novidade que o Emov iria passar a contar com novos e mais potentes carros. Esta semana, o Echo Boomer foi saber mais detalhes desta aposta em Portugal, num serviço de carsharing que quer começar a expandir-se foram dos limites da cidade de Lisboa.

Para já, começar por dizer que, em ano e meio, o Emov, serviço de carros partilhados flexível, superou os 18 mil clientes e mais de meio milhão de quilómetros percorridos na capital portuguesa.

E se muitos pensavam que eram os mais jovens os principais utilizadores deste serviço de carsharing, desenganem-se. A maior mancha de público refere-se a utilizadores entre os 30 e os 44 anos (29%), embora jovens entre os 18 e os 29 anos sejam cada vez mais adeptos deste serviço.

Porém, é sem surpresas que constatamos que 70% dos utilizadores são do sexo masculino.

A maioria das viagens realizadas é para ir e voltar do trabalho (67%), ou seja, para trajetos inferiores a 30km. Os dados divulgados pelos responsáveis do Emov referem ainda que os utilizadores acham a aplicação super fácil de usar e o preço adequado (recorde-se que o serviço é pago ao minuto). Já o estacionamento, claro, é gratuito.

Aliás, essa é uma das razões pelas quais os utilizadores usam este serviço, numa cidade que está constantemente cheia de carros. Outra razão pelo uso destes carros partilhados deve-se à falta de carro privado, algo que pode ser especialmente útil quando existe um compromisso numa zona mal servida a nível de transportes públicos.

E a pensar precisamente nesta problemática, o Emov já tem nas ruas os novos veículos DS3 Crossback, veículos que não são elétricos (contrariamente aos outros carros da frota), mas que são mais potentes e que, ainda assim, conseguem uma autonomia de mais 400 quilómetros aliada a baixos consumos e baixos níveis de emissões.

Uma diferença percetível é que, contrariamente aos outros veículos, que só estão disponíveis na cor branco para serem facilmente identificados, os SUV DS3 crossback estão disponíveis em azul, vermelho, branco, platina e preto.

Além disso, a chegada deste carros (30 ao todo) fez com que fossem substituídos igualmente 30 C-Zero 100% elétricos.

Com os novos veículos, chega também uma novidade: a expansão do serviço de carsharing. Assim, até ao final do ano, será possível encontrar veículos do Emov by Free2Move na freguesia de Alfragide, a primeira do município da Amadora. Sim, outras freguesias também irão contar com estes veículos, mas só a partir de 2020.

Esta é a primeira app de car sharing a sair fora de Lisboa que não apresenta obrigatoriedade de estacionamento fixo.

Ainda em relação a novos veículos, há planos para integrar veículos das outras marcas do grupo PSA, como Peugeot ou Opel, pelo que, possivelmente, em 2020, o Emov by Free2Move passará a contar com mais e distintos veículos

No evento, os responsáveis da Emov deram também destaque à app Free2Move City, que junta no mesmo local vários serviços de mobilidade alternativa. Apesar de, certa forma, estar a promover serviços concorrentes, como é o caso da ShareNow, os responsáveis não se importam, uma vez que consideram ser muito positiva a expansão do carsharing pelo maior número de locais possíveis.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome