fbpx

Em novembro, na Netflix

A Netflix revelou as suas novidades para o mês de novembro. Entre estreias exclusivas e novos regressos, o que não falta é conteúdo novo à distância de um clique.

A destacar, temos este mês o regresso de Narcos, que surge numa quarta temporada e que marca, também, o início de uma nova série original.

Passando-se agora no México, a série leva-nos a viajar até aos anos 80 para conhecer um novo cartel da droga e acompanhar mais um agente infiltrado.

Narcos: México tem no elenco Michael Penã e Diego Luna, chegando em exclusivo à Netflix no dia 16 de novembro.

https://youtu.be/wcvP7OgmsO8

Também exclusiva e original é a série de animação para adultos Super Drags.

Esta nova aposta brasileira é composta por cinco episódios e satiriza o género dos super-heróis para a representação da comunidade LGBT.

Em Super Drags vamos acompanhar três jovens normais, que, durante o dia, trabalham numa loja e aturam um chefe exigente, mas que, durante a noite, se transformam em fabulosas divas para lutar contra as forças do mal e espalhar purpurina pelo mundo.

Super Drags Estreia na Netflix no dia 9 de novembro.

Também em novembro estreia o muito antecipado filme dos irmãos Coen, A Balada de Buster Scruggs.

Este novo projeto dos irmãos Coen para a Netflix é uma antologia composta por seis pequenas histórias diferentes passadas no faroeste, em apenas 132 minutos.

Com narração de Joel e Ethan Coen, cada capítulo é diferente e conta com um elenco bastante bem preenchido, com nomes como James Franco, Tom Waits, Zoe Kazan e Liam Neeson em papéis principais.

A Balada de Buster Scruggs estreia na Netflix no dia 16 de novembro.


Mas o mês de novembro para a Netflix não se fica por aqui e há mais, muito mais. Para conhecerem o mais importante e apontarem na vossa agenda, basta acompanhar o seguinte vídeo:


- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,788FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
630SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Crítica – Enola Holmes

Enola Holmes oferece uma agradável e refrescante visão de uma franchise que pode ter ganho um novo futuro.

Crítica – The Devil All The Time

The Devil All The Time pode não ser indicado para aqueles que têm uma visão muito pessoal sobre a religião. Já para outros será um filme que tardará a desaparecer da memória.

Crítica – Mulan (1998)

Mulan é um dos clássicos de animação mais culturalmente significativos do legado da Disney.
- Publicidade -

Mais Recentes