Filme documental sobre Tony Carreira é o documentário português mais visto de sempre em Portugal

Chama-se simplesmente TONY e é um retrato fiel da vida repleta de desafios desse ícone da música popular portuguesa, Tony Carreira. O filme documental sobre o artista já é o documentário português mais visto de sempre em Portugal.

Segundo os dados do ICA (Instituto do Cinema e do Audiovisual), TONY conta já com 36.826 espectadores, ultrapassando, assim, o anterior recordista FADOS, de Carlos Saura, que somou o total de 34.382 espectadores.

Realizado por Jorge Pelicano, um dos mais respeitados e conceituados documentaristas portugueses e que teve exclusivo à vida pessoal e profissional do artista, TONY revela imagens inéditas e testemunhos únicos deste fenómeno da música nacional.

É um filme que nos mostra o outro lado de Tony Carreira, com os amigos e a família, dando acesso privilegiado aos estúdios, aos bastidores e aos camarins de salas de espetáculos em todo o mundo.

Recorde-se que TONY estreou nos cinemas portugueses no passado dia 25 de julho. O documentário ainda pode ser visto em várias salas do país.

- Publicidade -

Sigam-nos

10,558FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
610SeguidoresSeguir

Relacionados

Os filmes que a NOS Audiovisuais quer trazer a Portugal este verão

Há filmes muito antecipados, reexibições e películas portuguesas.

Bully. Coward. Victim. The Story of Roy Cohn na HBO Portugal a 20 de junho

Não é uma figura muito conhecida por todos, mas nem por isso deixa de ser importante. Bully. Coward. Victim. The Story of Roy Cohn é um documentário que vai estrear na HBO Portugal a 20 de junho.
- Publicidade -

Mais Recentes

ZenZoe. Chegou a Portugal o robô que desinfeta áreas e objetos propícios à transmissão de COVID-19

O ZenZoe foi desenvolvido pela ASTI Mobile Robotics, empresa de tecnologia e robótica sediada em Espanha,...

Crítica – The King Of Staten Island

The King Of Staten Island emprega uma fórmula muito conhecida (e demasiado utilizada) que se estende em demasia, mas Judd Apatow equilibra-a com um sentido de humor negro com a ajuda dos seus co-argumentistas.