Dino D’Santiago e Rubel no Super Bock Super Rock

O Super Bock Super Rock continua a confirmar nomes a todos o gás. E numa edição repleta de diversidade, eis que chegam mais dois artistas que vão trazer outro ritmo: o português Dino D’Santiago e o brasileiro Rubel.

- Publicidade -

Falando de Dino D’Santiago, pode-se dizer que teve a música sempre presente na sua vida. Durante vários anos, Dino foi o vocalista ideal de uma geração de bandas de música hip hop e r&b em Portugal. E após toda essa experiência e uma viagem à ilha de Santiago, editou o disco Eva, em 2013, que lhe valeu rasgados elogios por parte da crítica especializada.

Mais recentemente, Dino D’Santiago resolveu unir os tradicionais ritmos da morna, batuku e funaná ao r&b contemporâneo e à música eletrónica progressiva, dando origem ao mais recente disco, Mundo Nôbu, editado no final do ano passado. Conta com temas como “Nôs Funaná”, “Como seria” ou “Nova Lisboa”. Atua a 18 de julho no Palco EDP.



Quanto a Rubel, é um dos nomes mais fortes da nova Música Popular Brasileira. Aliás, a nomeação para um Grammy Latino com o disco Casas veio comprovar isso mesmo.

Mas tudo começou há uns anos, com o disco Pearl, disponibilizado na Internet em 2013, e que se mostrava como um álbum de canções folk inspirado na década de 70.

Algum tempo depois, Rubel teve música a servir de banda sonora para duas novelas da Globo, foi capa da GQ ao lado de Zeca Veloso e ainda viu o seu tema “Quando Bate Aquela Saudade” ultrapassar a marca de 30 milhões de visualizações no YouTube. Isto sem esquecer as colaborações com os rappers Emicida e Rincon Sapiência.

No concerto do Super Bock Super Rock, Rubel estará companhado por Antônio Guerra (teclado e piano), Gui Held (guitarra), Pablo Arruda (baixo), Pedro Fonte (bateria), Bubu Silva (trompete), Tiquinho (Sax), Marcelo Pereira (Trombone) e João Luchese (Programações). Atua a 20 de julho no Palco EDP.

Rubel e Dino D’Santiago juntam-se aos já anunciados Lana del Rey, The 1975, Metronomy, FKJ, Superorganism, Kaytranada, Disclosure, Charlotte Gainsbourg, Cat Power, ProfJam, Masego, Migos, Calexico and Iron & Wine, Branko, Christine and The Queens, Shame, Conan Osiris, Conjunto Corona, Galgo, Glockenwise, Sallim, Roosevelt, Ezra Collective, Gorgon City e Janelle Monáe.



Recorde-se que a 25ª edição do Super Bock Super Rock vai acontecer a 18, 19 e 20 de Julho de 2019, na Herdade do Cabeço da Flauta, no Meco, após se ter mudado para o Parque das Nações, em Lisboa. O “novo” local vai estar preparado para o campismo durante os três dias e será de acesso gratuito a todos os portadores do passe geral, que podem aproveitar o campismo mais cedo, neste caso desde quarta-feira, 17 de julho, até domingo, 21 de julho.

Quanto aos bilhetes, já podem ser adquiridos num terceiro lote na Blueticket e outros locais habituais com o passe de três dias a custar 110€ e o diário 60€. Recorde-se que o dai 18 de julho está esgotado.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Ouve aqui o tema principal de The Batman

Michael Giacchino revela ao mundo a sua versão do tema do Batman.

Woodkid regressa a Portugal para um concerto no Super Bock Super Rock

E a Música no Coração também anunciou outros nomes.

Brockhampton anunciam pausa indefinida e já não tocam no Super Bock Super Rock

Era, até ver, um dos nomes principais do festival.

Os 50 melhores álbuns de 2021

Após um 2020 que obrigou todo o mundo a ficar por casa, tinha a esperança que isso trouxesse muita diversidade de álbuns de qualidade. A minha intuição estava correcta, de facto!
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Partilha. Ex-concorrentes de Hell’s Kitchen abriram restaurante em Braga

O espaço foi inaugurado em outubro do ano passado e funciona de terça a sábado.

Troço da EN10 entre Marateca e Pegões será integralmente reabilitado

A concretização deste projeto assegurará a melhoria das condições de circulação, segurança e conforto dos milhares de utentes que diariamente circulam na EN10.