CTT encerram 18 lojas e implementam atendimento à porta fechada

No âmbito de medidas de combate à propagação da COVID-19, os CTT – Correios de Portugal anunciaram várias medidas, entre as quais o encerramento de várias lojas e o atendimento à porta fechada.

- Publicidade -

Buarcos (Vila), Boavista (Oaz), Cesar, Espargo, Travessa (São João da Madeira), Arcozelo (Vila Nova de Gaia), Mesão Frio, São Pedro da Cova (Gondomar), Vila Nova Foz Côa, Cantarias (Bragança), Santa Tecla (Braga), Caxinas (Vila do Conde), Parque (Matosinhos), Praia (Póvoa de Varzim), Gil Eanes (Portimão), Olhos de Água, Sines e Santo António dos Cavaleiros. São estas as lojas CTT que, de momento, encontram-se encerradas, algo que se justifica “em função da ausência de colaboradores pertencentes a grupos de risco de saúde, e também necessidades de assistência a filhos menores de 12 anos pelo encerramento das escolas”.

cacifos

Já as restantes lojas em funcionamento irão “implementar o atendimento à porta fechada, de forma a minimizar a permanência de clientes em loja e para garantir o distanciamento entre cada cliente”, querendo dizer que “apenas poderão permanecer na loja os clientes que estão a ser atendidos”.

“A fila de espera será efetuada à porta da loja, garantindo que os clientes em espera o façam num local arejado e que mantenham a distância mínima sugerida“, refere a empresa em comunicado.

Para além disto, as lojas vão sofrer “uma redução de horário em função do número de trabalhadores presentes” e estarão fechadas “à hora de almoço, das 12h30 às 14h30”, de forma a que possa ser efetuada uma limpeza mais profunda. O horário de cada loja poderá ser consultado no site dos CTT.

Será ainda colocada uma fita colorida no chão a sinalizar a distância de segurança que deve ser mantida entre o colaborador e o cliente. A CTT – Correios de Portugal informou ainda os trabalhadores que vão poder usar máscara, luvas e gel desinfetante no atendimento aos clientes.

No que aos pontos CTT (postos de correio) diz respeito, a empresa informa que “poderão existir alterações nos horários de funcionamento ou o encerramento dos mesmos, por decisão dos parceiros dos CTT na prestação deste serviço”.

E sem surpresas, anuncia ainda que “no âmbito das operações, tendo em vista a segurança dos clientes e dos cerca de 5.000 carteiros dos CTT, a assinatura nos terminais dos carteiros durante o processo de entrega de produtos de Correio, Expresso e Carga será suspenso”. A medida “será aplicada a todos os serviços exceto nas citações ou notificações via postal e nos serviços ‘entrega ao próprio’, estando ainda em análise cenários de ajustamento da atividade tendo em conta a eventual ausência de colaboradores que pertencem a grupos de risco de saúde”.

Também os próprios carteiros “vão adotar procedimentos específicos no exercício das suas funções durante os giros, na interação com a população e no manuseamento de objetos, para reduzir o risco de contágio”.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

CTT lançam plano de saúde e prometem 40% de poupança média

Terão acesso a um cartão virtual e a um cartão físico.

Os CTT já dão apoio ao cliente através do WhatsApp

Resta esperar que funcione bem.

Continente abre duas novas lojas no distrito de Lisboa

Uma é mesmo em Lisboa, a outra fica em Carcavelos.

CTT inauguram primeiro outlet em Portugal

O que significa que há vários produtos a preços apetecíveis.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Sines recebe investimento de 80 milhões para produção de salmão e bacalhau

A construção do projeto deve arrancar no último trimestre de 2022.

Governo diz que voos da SATA para os Açores não estão em risco de ser suprimidos

Desmentindo, assim, uma notícia avançada pelo Expresso.

Grupo B&B Hotels abre hotel em Guimarães ainda este ano

Um hotel de três estrelas com capacidade para 95 quartos. Hoje, dia 28 de janeiro, a parceria Casais - Sunny...