Coletivo Porta dos Fundos está de regresso a Portugal

- Publicidade -

Portátil é um espetáculo criado no momento a partir das histórias contadas por um convidado do público.

Portátil, a criação teatral do coletivo Porta dos Fundos, está de regresso a Portugal. A digressão arranca em Coimbra no dia 17 de dezembro e passa por Castelo Branco (18.12), Ílhavo (19.12) e Porto (20.12), terminando em Lisboa com duas datas no Teatro Tivoli BBVA: 21 e 22 de dezembro. Depois do início da pandemia, esta é a primeira vez que o ‘Portátil’ sobe ao palco para o espetáculo de humor e improviso.

Com a produção da H2N, Portátil é um espetáculo criado no momento a partir das histórias contadas por um convidado do público. O resultado é uma narrativa improvisada interpretada por quatro mestres do humor: Gregório Duvivier, Gustavo Miranda, João Vicente de Castro e Luís Lobianco – acompanhados ao piano pelo improvisador Andrés Girando.

Nesta digressão junta-se ainda ao coletivo o ator Rafael Pimenta. Rafael Pimenta substitui Gustavo Miranda na sessão de dia 21 em Lisboa e junta-se aos quatro atores na última sessão, no dia 22 de dezembro.

Os bilhetes para ver o coletivo ao vivo variam entre os 14€ e os 35€ e podem ser adquiridos nos locais habituais (Ticketline e BOL – Ílhavo).

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes