Côa Summer Fest vai ter obra de arte feita com plástico recolhido pelos festivaleiros

por Echo Boomer

Começa já amanhã mais uma edição do Côa Summer Fest, um festival de entrada gratuita e que apresenta nomes como Supa Squad, Estraca, Deejay Telio, Dadda e Francisco Murta. Mas há muito mais além da música.

Um dos destaques está para o facto de ir ser criada uma obra de arte sustentável com plástico recolhido pelos festivaleiros. Será elaborada a escultura de um Auroque, imagem típica presente nas gravuras rupestres de Foz Côa.

A criação terá autoria de Jorge Mateus, artista plástico da região, que usará a sua criatividade para transformar os plásticos reutilizáveis recolhidos num dos símbolos mais icónicos da cidade. A obra de arte começará a ser criada no dia 2 agosto e ficará pronta no sunset do último dia de festival. O Auroque originado poderá, posteriormente, ser visitado no Museu do Côa.



O Côa Summer Fest promove ainda, em parceria com as Águas do Norte, um workshop de sensibilização para 50 crianças do pré-escolar, dos três aos cinco anos, contra o desperdício e a poluição das águas. Tal iniciativa acontece a 2 de agosto, num dia que será dedicado a atividades ambientalmente sustentáveis.

Ainda a pensar nesta problemática, a organização terá mochilas de distribuição de água potável no recinto do evento e nas ruas da cidade de modo a sensibilizar para a necessidade de redução do consumo de água engarrafada no dia a dia.

O Côa Summer Fest começa já amanhã, dia 1 de agosto, com a Glow Bubble, uma corrida de espuma e leds brilhantes coloridos. Para irem até ao festival, podem usar, por exemplo, as trotinetes da IOMO, que chegam a Foz Côa graças ao evento.

Deixar uma resposta

Também pode interessar

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: