Côa Summer Fest vai ter obra de arte feita com plástico recolhido pelos festivaleiros

- Publicidade -

Começa já amanhã mais uma edição do Côa Summer Fest, um festival de entrada gratuita e que apresenta nomes como Supa Squad, Estraca, Deejay Telio, Dadda e Francisco Murta. Mas há muito mais além da música.

Um dos destaques está para o facto de ir ser criada uma obra de arte sustentável com plástico recolhido pelos festivaleiros. Será elaborada a escultura de um Auroque, imagem típica presente nas gravuras rupestres de Foz Côa.

A criação terá autoria de Jorge Mateus, artista plástico da região, que usará a sua criatividade para transformar os plásticos reutilizáveis recolhidos num dos símbolos mais icónicos da cidade. A obra de arte começará a ser criada no dia 2 agosto e ficará pronta no sunset do último dia de festival. O Auroque originado poderá, posteriormente, ser visitado no Museu do Côa.



O Côa Summer Fest promove ainda, em parceria com as Águas do Norte, um workshop de sensibilização para 50 crianças do pré-escolar, dos três aos cinco anos, contra o desperdício e a poluição das águas. Tal iniciativa acontece a 2 de agosto, num dia que será dedicado a atividades ambientalmente sustentáveis.

Ainda a pensar nesta problemática, a organização terá mochilas de distribuição de água potável no recinto do evento e nas ruas da cidade de modo a sensibilizar para a necessidade de redução do consumo de água engarrafada no dia a dia.

O Côa Summer Fest começa já amanhã, dia 1 de agosto, com a Glow Bubble, uma corrida de espuma e leds brilhantes coloridos. Para irem até ao festival, podem usar, por exemplo, as trotinetes da IOMO, que chegam a Foz Côa graças ao evento.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome