Cinemas Castello Lopes estão encerrados. E os outros?

À medida que os dias vão passando e que o número de casos com a COVID-19 em Portugal vai aumentando, vão ocorrendo mais e mais encerramentos. Restaurantes fecham, centros comerciais ficam vazios, salas de espetáculos também estão paradas… mas e os cinemas?

Bom, a Castello Lopes Cinemas tomou a acertada decisão de fechar os seus cinemas, sendo o primeiro grande exibidor ao fazê-lo. Assim, as salas de Torres Novas, Sintra, Guimarães, Barreiro e Santarém estão com atividade temporariamente suspensa.

A novidade foi anunciada no site oficial e redes sociais, com a empresa a referir que “não estão reunidas condições para cumprirmos esta missão. Até lá, os filmes não acabam, ficam em casa. Sabemos que as pipocas não vão ser tão boas e o ecrã um pouco mais pequeno, mas agora, o mais importante é zelar pela saúde de todos nós”.

Mas e em relação aos cinemas NOS, UCI, Cineplace e Cinema City?

Bom, antes de lá irmos, começar por dizer que, em Lisboa, o Espaço Nimas, o Cinema Ideal e a Cinemateca Portuguesa estão também encerrados, à semelhança do que acontece com o Cinema Trindade, no Porto.

No que aos Cinema City diz respeito, foi o primeiro exibidor a aplicar uma série de medidas nas suas salas de cinema, como reforçar a limpeza das superfícies de maior contacto de hora a hora, organizar as filas de forma a garantir a distância mínima de um metro por clientes, bem como a venda intercalada de lugares, entre outras medidas. Ou seja, os cinemas continuam em funcionamento.

A empresa recomenda ainda aos clientes que desinfetem as mãos com gel no acesso à sala de cinema.

Em relação aos UCI Cinemas, e ao que conseguimos apurar, não foi feita qualquer comunicação aos clientes em relação a medidas de prevenção, não existindo nenhum post nas redes sociais ou comunicado no site oficial que o indiquem. Também estas salas de cinema continuam em funcionamento.

O mesmo acontece com os cinemas Cineplace, que não só continuam em funcionamento, como também não informaram os clientes sobre quaisquer medidas aplicadas ou que venham a ser aplicadas.

Faltam os Cinemas NOS. Ao que se sabe, as 219 salas continuam em funcionamento, sendo que a capacidade de salas foi reduzida em 50% ou até um máximo de 150 pessoas por sala.

Além disso, a empresa recomenda uma distância mínima social (dois metros), aconselhando o pagamento antecipado dos bilhetes através do site oficial ou via app. Como é óbvio, também foram reforçadas várias medidas de higienização e limpeza.

Resta saber se a situação se manterá dentro de dias ou se, por outro lado, todas as salas de cinema em Portugal serão encerradas.

- Publicidade -

Sigam-nos

10,689FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
622SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Tecnologia portuguesa inativa mais de 99% das partículas de COVID-19 no ar em apenas um minuto

A tecnologia foi criada no âmbito de um projeto liderado pelo Campus de Tecnologia e Inovação da BLC3, em Oliveira do Hospital.

CTT vendem máscara com capacidade para inativar a COVID-19

As máscaras MOxAdTech são as primeiras a superar com sucesso os testes realizados pelo Instituto de...

Fundação Vodafone adaptou app Praia em Directo devido à COVID-19

O Programa Praia Saudável tem como objetivo contribuir para o aumento da segurança nas praias, para a defesa e melhoria da qualidade do seu ambiente, assim como das acessibilidades.

Empresa portuguesa NAN traz para Portugal novos aparelhos que ajudam a combater a transmissão da COVID-19

São equipamentos UV que esterilizam espaços e objectos passíveis de transmissão da Covid-19.
- Publicidade -

Mais Recentes

Leroy Merlin vai apostar em lojas de grande, médio e pequeno formato

Cada uma com uma oferta de produtos e serviços ajustada.

Crítica – The Rental

Francamente, um filme de terror muito inocente.

Nova Carta do Mano a Mano – Os italianos não têm de ser todos iguais

E uma maneira boa de o fazer é trazer um Chef Executivo como Giovanni Pellegrini.