Há cinco notas de escudos que ainda podem ser trocadas por euros

- Publicidade -

Têm é de ser notas da última série de escudos colocada em circulação, que celebrava os Descobrimentos.

Têm notas de escudos esquecidas num velho porta-moedas ou no fundo de uma gaveta? Ainda vão a tempo de as trocar por euros. Porém, não podem ser umas notas quaisquer.

De acordo com o Banco de Portugal, ainda são elegíveis para troca as notas da última série de escudos colocada em circulação, que celebrava os Descobrimentos. São notas de 10.000, 5.000, 2.000, 1.000 e 500 escudos. Em euros, o seu valor é de 49,88, 24,94, 9,98, 4,99 e 2,49 euros, respetivamente.

Para trocarem as notas por euros, podem fazê-lo numa das nove tesourarias do Banco de Portugal localizadas em várias cidades do país – Braga, Coimbra, Évora, Faro, Funchal, Lisboa, Ponta Delgada, Porto e Viseu – ou por correio.

Se optarem por esta última modalidade, os passos a seguir são simples. Para já, terão de recorrer ao serviço de correio registado com serviço especial de valor declarado, disponível em qualquer posto dos CTT. A data de carimbo dos correios tem de ser, no máximo, 28 de fevereiro. E vão precisar de dois envelopes.

Num dos envelopes devem colocar as notas. No exterior, têm de escrever “contém numerário” e colocar informação discriminada sobre as notas que pretendem trocar. Este subscrito deve ser fechado e colocado dentro do segundo envelope, onde têm de incluir uma carta com os vossos elementos de identificação: nome, número de identificação, morada, telefone ou e-mail. Se enviarem o vosso email, receberão uma mensagem a confirmar a receção do pedido e a comunicar o número do processo.

Como a troca de notas por correio implica que o valor em euros seja transferido para a conta bancária, também é imprescindível que, além dos elementos de identificação pessoal, enviem o vosso número de IBAN ou de SWIFT CODE, no caso de a conta destino estar sediada no estrangeiro.

Antes de fecharem o segundo envelope, confirmem que não falha nenhum dado. Se estiver tudo ok, basta então que enviem para o Banco de Portugal (Departamento de Emissão e Tesouraria, Unidade Central de Operações com Numerário, Apartado 2001, 1101-801 Lisboa).

Mesmo que as vossas notas de escudos estejam em mau estado, podem valer euros. O Banco de Portugal aceita notas danificadas, mutiladas e até rasgadas desde que seja possível reconstruir, pelo menos, 75% da sua área total.

O único “senão” é que somente têm até ao final deste mês, ou seja, até 28 de fevereiro, para fazer a respetiva troca. Depois disso, essas notas de escudo apenas terão valor afetivo ou no mercado de colecionismo.

No final de outubro do ano passado, ainda havia ainda 11,4 milhões de notas de escudo desta série na posse do público, correspondentes a 95 milhões de euros.

- Publicidade -
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Lenovo regista aumento de 11% nas receitas

A estratégia da Lenovo continua a permitir criar uma posição de liderança sustentável nas áreas de PCs e Tablets, construir as bases para desenvolver um negócio de Data Center saudável e reformular o negócio de Mobile.

Netflix aumenta preços. E nem Portugal escapa

“De tempos em tempos, os planos e os preços da Netflix são ajustados à medida que adicionamos filmes e...
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Vila Galé em Tomar deverá estar pronto até novembro de 2023

E será uma unidade hoteleira de cinco estrelas.

Arcade Fire no Campo Pequeno – A música vence sempre?

A banda canadiana recordou-nos que é obreira de alguma da melhor música das últimas duas décadas. O resto? Pois, o resto logo se verá.