fbpx

Chauffeur Privé é o novo serviço de transportes que acaba de estrear em Portugal

A Chauffeur Privé, plataforma de transporte e mobilidade urbana (TVDE), acaba de chegar a Portugal, o primeiro mercado a receber o seu plano de expansão, e vem concorrer contra a Uber, Cabify e Taxify. Através de uma estrutura local, a Chauffeur Privé pretende desenvolver e desafiar o mercado português, oferecendo uma alternativa aos atuais serviços de transporte individual de passageiros, com preços acessíveis, os melhores motoristas e com um programa de fidelização exclusivo.

Fundada em Paris em 2012, a Chauffeur Privé conta, atualmente, com cerca de 18 mil motoristas e mais de dois milhões de clientes em França. Depois de ter sido destacada com a 2ª startup com maior crescimento no seu país de origem, a multinacional alemã Daimler torna-se na sua acionista maioritária em 2017, com o claro objetivo de transformar a Chauffeur Privé na maior empresa europeia de transporte e mobilidade urbana.

A Chauffeur Privé inicia as suas operações em Portugal com 500 motoristas em Lisboa, prevendo duplicar este número até ao final do ano. Comprometida com o mercado português, a principal premissa da marca é a orientação para uma maior partilha de valor entre a empresa, os motoristas e os utilizadores, através de três eixos fundamentais: valor competitivo, qualidade de serviço e a proximidade.

Para assinalar este marco histórico, a Chauffeur Privé lança uma campanha exclusiva para Portugal durante 30 dias, na qual todas as viagens efetuadas pela plataforma terão um desconto de 50% sobre todas as viagens realizadas, sem limites.

Um serviço comprometido com o mercado português

Com a entrada no mercado, a Chauffeur Privé aposta na criação de uma equipa local e de uma rede de apoio e gestão do serviço inteiramente local. Deste modo, a marca francesa contará com uma presença física e atendimento presencial, através de serviços transversais de Apoio ao Cliente (Customer Support) e ao motorista (Driver Service), a operar em Portugal.

Preço fixo e competitivo a partir de 2,50€

O preço da viagem é fixo e invariável. Aquando da receção do pedido de serviço pela plataforma, o utilizador recebe a indicação do valor a pagar pela viagem. O preço começa nos 2,50€ e não é suscetível de alteração, independentemente dos fatores externos que possam ter impacto na extensão e duração do percurso, como é o caso do trânsito.

Único operador a disponibilizar programa de fidelização

A Chauffeur Privé será o único operador, no mercado português, a disponibilizar programas de fidelização e vantagens de utilização regular do serviço. Por cada euro gasto em viagens, o cliente ganha um ponto na sua conta, que poderá converter em descontos nas viagens seguintes. Os programas Gold, Silver, Platinum e Red compõe as diversas modalidades de fidelização da marca. Podem, ainda, utilizar o código ALELOP49 para ganharem 3€ para utilizarem na vossa primeira viagem.

Um serviço de qualidade superior a um preço acessível

Os motoristas são selecionados e formados, tendo um acompanhamento constante, de forma a proporcionar um serviço de qualidade superior e a um preço acessível. Por outro lado, os veículos de qualidade superior fornecem ao utilizador todo o conforto durante a sua viagem.

Uma cadeia de valor centrada nos motoristas e clientes

A Chauffeur Privé entende que os motoristas são elementos centrais do seu negócio, pelo que a seleção dos mesmos é efetuada com o maior rigor. O acompanhamento dos motoristas é a maior preocupação da marca, garantindo a frequência obrigatória em ações de formação Chauffeur Privé e na prestação de serviços especializados de apoio aos motoristas. A Chauffeur Privé acredita que, à semelhança do tratamento de excelência prestado aos seus clientes, também os motoristas devem ser bem acompanhados.

Contribuições fiscais em Portugal

A Chauffeur Privé pauta a sua atuação pelo princípio da sustentabilidade socioeconómica do seu modelo de negócio, pelo que as contribuições fiscais a pagar pela empresa efetuam-se, invariavelmente, no país de operação. Deste modo, os impostos aplicados sobre os serviços prestados em Portugal serão pagos ao Estado Português.


 

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,778FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
628SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Volta a ser obrigatório validar os títulos de transporte na Grande Lisboa

Quem o diz é a AML, numa medida que entra em vigor já em maio.

Serviço de carsharing Emov by Free2Move temporariamente suspenso em Lisboa

Estima-se que tenha existido uma redução no serviço, mas não só.

Empresas TVDE definem novas regras para o transporte de passageiros

Não é a primeira vez que falamos aqui deste assunto. Aliás, as primeiras alterações aconteceram ainda em...
- Publicidade -

Mais Recentes

Análise – Urbanista Stockholm Plus

Caso estejam à procura de uma earphones True Wireless cuja relação qualidade-preço faça valer o investimento, os Urbanista Stockholm Plus são uma aposta segura.

Stand Up Sessions está de volta e leva Hugo Sousa e Ana Garcia Martins a Guimarães

E a estes dois junta-se ainda o já amplamente conhecido Nilton.