fbpx

Charles Bradley cancela concerto no Vodafone Mexefest e no Coliseu do Porto

Ainda não vai ser desta. Novamente a debater-se com problemas de saúde, Charles Bradley já não vem com os seus The Extraordinaires a Portugal, implicando o cancelamento dos concertos agendados para o Vodafone Mexefest e Coliseu do Porto.

Em alguns concertos recentes, Charles Bradley voltou a sentir-se cansado, e, com a ajuda dos médicos, descobriu-se que o cancro de que se padece alastrou ao fígado, apesar de já não estar no estômago. Em baixo deixamos o comunicado oficial enviado pelo manager do artista.

“The beloved soul singer was diagnosed with stomach cancer last fall and, after undergoing treatment and beating it, he returned to the road this past spring. He began to feel run down during recent tour dates and learned that his cancer spread to his liver, though hasn’t returned to his stomach. He will be taking time off to focus on treatment and recovery and wants to let his fans know that he’s heartbroken but not giving up. He was successful beating the stomach cancer and is ready to fight this new battle.”

“I love all of you out there that made my dreams come true,” notes the 68-year old. “When I come back, I’ll come back strong, with God’s love. With God’s will, I’ll be back soon.”

No caso do Vodafone Mexefest, quem pretender a devolução do bilhete deve solicitá-la junto do ponto de venda onde o adquiriu, no prazo de 30 dias a partir de amanhã, dia 7 de setembro, até dia 6 de outubro.

Já os portadores de bilhetes para o concerto no Coliseu do Porto podem pedir o reembolso também a partir de amanhã, dia 7 de novembro, nos locais onde foram adquiridos.

Segue-nos nas redes sociais no FacebookTwitter e Instagram.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,788FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
630SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Mayra Andrade no Coliseu do Porto – Um regresso pleno de brilho

Foram quase duas horas de um espetáculo emotivo, intenso e de grande partilha.

Cinco destinos rurais para fazerem férias em Portugal

Já falta menos de um mês para o verão terminar, mas tal não significa que não se possam tirar mais uns dias de férias.

Swans vêm mesmo tocar a Portugal no próximo ano

Esperemos que, até lá, já ninguém oiça falar da COVID-19.
- Publicidade -

Mais Recentes