Oficial: Carris Metropolitana adiada para 2023 nas Áreas 1 e 2

- Publicidade -

Confirma-se o que foi hoje dito por um dos administradores da Transportes Metropolitanos de Lisboa, detentora da Carris Metropolitana.

Durante a tarde de hoje, informámos os nossos leitores sobre a possibilidade do arranque da Carris Metropolitana ficar adiado para 2023 nas Áreas 1 e 2. Essa informação confirma-se agora.

“Na Área 1, que corresponde aos concelhos de Amadora, Cascais, Lisboa, Oeiras e Sintra, e na Área 2, que corresponde aos concelhos de Loures, Mafra, Odivelas e Vila Franca de Xira, a entrada em funcionamento é adiada para dia 1 de janeiro de 2023, uma vez que não estão garantidas as condições consideradas essenciais para a entrada em funcionamento do novo serviço, por razões da responsabilidade dos operadores prestadores de serviço nas Áreas 1 e 2”, diz um comunicado de imprensa enviado pela Transportes Metropolitanos de Lisboa (TML).

A falta de um número bastante significativo de viaturas novas, a inexatidão nas datas da sua disponibilidade e a adequação dos sistemas de informação necessários à prestação do serviço de acordo com os requisitos do caderno de encargos e dos contratos firmados para as Áreas 1 e 2, são, entre algumas outras, as razões principais identificadas pela TML para que se considere que o serviço não está em condições de ser colocado em prática.

Isto significa, portanto, que nas Áreas 1 e 2, e até à entrada em funcionamento da Carris Metropolitana (1 de janeiro de 2023), a operação de transportes rodoviários decorrerá nas condições normais e habituais como até aqui.

De resto, e tal como já tínhamos avançado, a Carris Metropolitana entra em ação na Área 3, que corresponde aos concelhos de Almada, Seixal e Sesimbra, com mais frequências, horários, linhas novas e uma frota de autocarros renovada.

Neste período de verão, entrarão em funcionamento 111 linhas que comparam com as 88 atuais, representando um aumento de veículos quilómetro de 21%, 29% e 16%, respetivamente, nos dias úteis, sábados e domingos. Para já, circularão 339 viaturas, das quais 236 integralmente novas, diminuindo-se de forma muito significativa a idade da frota hoje em serviço.

Entram também em funcionamento, já no próximo dia 26 de junho, os cinco Espaços navegante Carris Metropolitana, lojas de apoio ao cliente, totalmente renovadas, e onde se podem efetuar operações de carregamento de títulos, pedidos de passes e outras operações relevantes para servir as populações.

Também no dia 1 de julho aumenta o serviço rodoviário da Área 4, que corresponde aos concelhos de Alcochete, Barreiro, Moita, Montijo, Palmela e Setúbal, uma vez que o nível de serviço que se encontra a ser prestado ainda é inferior ao definido contratualmente na Carris Metropolitana, apesar de, para além de uma frota de autocarros totalmente nova, os horários, frequências e linhas hoje em funcionamento já ser superior ao que era praticado (antes de 1 de junho), registando-se níveis de procura acima do anteriormente verificado, em alguns eixos intermunicipais.

- Publicidade -
- Publicidade -

2 Comentários

    • Olá boa noite Regina Martins
      O autocarro do 103 deixou de existir
      Mas a antiga 102 Cacilhas Almada Fórum via quinta do chegadinho agora é a 3003 não sofreu nenhuma alteração de percurso é o mesmo da antiga 102
      E também há um de Cacilhas para o Monte da Caparica que era o 123 e agora é o 3013 que parte de Cacilhas como já tinha referido acima passa pelo hospital particular, pela Cova da Piedade aopé do continente bom dia, pelo parque da Paz (parte de cima) António Gedeão Laranjeiro Feijó entre o Almada Fórum (traseiras) e o monte da Caparica não sei mais só foi até ao Almada Fórum (traseiras) nele.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Moovit já tem informações das linhas e paragens da Carris Metropolitana

Uma excelente novidade, mas que ainda assim não faz esquecer o pequeno desastre que tem sido o serviço da Carris Metropolitana.

Carris Metropolitana. Rescisão de contrato com operadores não está fora de hipótese

Porém, o objetivo principal passa mesmo por melhor o serviço a curto prazo.

Carris Metropolitana recruta em Cabo Verde para colmatar falta de motoristas

E entrarão ao serviço já nos próximos meses.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Vila Galé em Tomar deverá estar pronto até novembro de 2023

E será uma unidade hoteleira de cinco estrelas.

Arcade Fire no Campo Pequeno – A música vence sempre?

A banda canadiana recordou-nos que é obreira de alguma da melhor música das últimas duas décadas. O resto? Pois, o resto logo se verá.