Carris está a testar mini autocarros elétricos

- Publicidade -

Há três veículos do género em circulação na cidade de Lisboa.

Foi ontem, dia 30 de agosto, que começaram a circular nas ruas de Lisboa três mini autocarros elétricos da Karsan Jest Electric, que serão testados nos próximos meses pela Carris.

Os veículos têm uma capacidade de 19 passageiros e vão circular nas carreiras 22B, 734 e no percurso do elétrico 28E.

O objetivo deste projeto-piloto é testar o desempenho dos veículos nas condições reais de operação da Carris, procurando aumentar a maturidade da empresa na utilização de novas tecnologias de autocarros, em diferentes locais da rede rodoviária da cidade de Lisboa (com diversidade de inclinações, curvaturas e pavimentos) e em períodos distintos do ano (diferente procura de transportes e condições meteorológicas).

O projeto reflete a inovação que a Carris tem vindo a realizar para sustentar a transformação tecnológica da sua frota, com vista a que todos os seus veículos sejam ‘zero emissões locais’ até 2040.

- Publicidade -
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Carris vai fazer desfiles com clássicos do seu museu

Os “Desfiles dos Clássicos do Museu” são dos momentos mais simbólicos das comemorações dos 150 anos da Carris, que se assinalam no dia 18 de setembro.

Há duas novas lojas da Carris em Lisboa pensadas para seniores

São lojas temporárias e estarão em funcionamento até 15 de novembro.

Carris começa a receber novos elétricos articulados em 2023

Além disso, a empresa deverá receber 30 novos autocarros elétricos, neste caso não articulados.

Carris está a testar um novo projeto de transporte a pedido

Este novo serviço experimental estará em funcionamento, para já, até 15 de julho.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Vila Galé em Tomar deverá estar pronto até novembro de 2023

E será uma unidade hoteleira de cinco estrelas.

Arcade Fire no Campo Pequeno – A música vence sempre?

A banda canadiana recordou-nos que é obreira de alguma da melhor música das últimas duas décadas. O resto? Pois, o resto logo se verá.