Canábis medicinal à venda nas farmácias a partir de abril

Somente poderá ser adquirido por doentes com patologias específicas.

Canábis medicinal
- Publicidade -

Foi em junho de 2019 que a legalização do uso de canábis para fins medicinais foi aprovada em Portugal, embora a regulamentação somente tenha sido publicada em Diário da República a 15 de janeiro de 2020.

Na altura, fonte do Infarmed referiu à Lusa que a lei não deveria ter grande repercussão em termos práticos, uma vez que ainda não tinha recebido qualquer pedido para analisar um produto com vista a ser colocado no mercado.

Pois bem, 2021 promete mudar esse panorama. Muito em breve, mais especificamente em abril, deverá chegar às farmácias a canábis medicinal, num produto que já foi aprovado pelo Infarmed.

Desenvolvido pela empresa canadiana Tilray, trata-se de “flor seca com THC”, num produto que terá, na sua composição, 18% de delta-9-tetrahidrocanabinol (THC) e menos de 1% de canabidiol (CBD). A informação foi avançada pelo Jornal de Notícias.

No mês passado, a Agência Lusa tinha noticiado que o Infarmed acabava de aprovar a “primeira substância à base da planta da canábis para fins medicinais em Portugal”. À Lusa, a diretora geral da divisão portuguesa da Tirlay, Rita Barata, referiu que, num futuro próximo, estavam a planear “tornar outros produtos acessíveis aos doentes em Portugal”.

Segundo se sabe, este produto poderá ser adquirido por pacientes com dor crónica (associada a doenças oncológicas ou ao sistema nervoso), espasticidade associada à esclerose múltipla ou a lesões da espinal medula, náuseas e vómitos (resultantes da quimioterapia, radioterapia e terapia combinada de HIV e medicação para a hepatite C) e estimulação do apetite nos cuidados paliativos de doentes sujeitos a tratamentos oncológicos ou com SIDA.

Este produto poderá ser consumido através de um método de vaporização e será vendido em sacos de 15 gramas. O preço? 150€.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
785SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

Tomar ibuprofeno tem implicações naqueles que sofrem da infeção por COVID-19?

Recentes publicações em França têm levantado preocupações sobre o uso de esteróides e produtos anti-inflamatórios não esteróides (AINEs), incluindo o ibuprofeno, para aliviar os sintomas da COVID-19.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

North Music Festival é adiado, mas para setembro e outubro deste ano

Dois meses depois, eis que finalmente temos novidades sobre o North Music Festival 2021.

Reconstrução do Muro das Namoradeiras no Terreiro do Paço está finalizada

A reconstrução do Muro das Namoradeiras envolveu a inventariação de mais de 400 pedras que se encontravam depositadas nas instalações do Metro da Pontinha.

Não responder aos Censos 2021 dá origem a uma multa que vai dos 250 até um máximo de 100 mil euros

Sim, é mesmo essa informação que surge no Decreto-Lei n.º 54/2019 de 18 de abril.