Boom Festival adiado para 2021

Há mais um festival a ser remarcado. Depois de alguns adiamentos que já aqui demos a conhecer, hoje foi a vez da organização do Boom Festival, que iria acontecer este ano entre 28 de julho e 4 de agosto, em Idanha-a-Nova, anunciar que o festival não irá realizar-se este ano.

- Publicidade -

Assim, o Boom Festival irá realizar-se entre os dias 22 e 29 de julho de 2021. A justificação é, obviamente, a pandemia de COVID-19.

Boom Festival

“O presente momento não nos permite alcançar estes propósitos de vida do Boom. A situação Covid-19 continua a degradar-se. É irrealista achar que se a pandemia passar até Julho os efeitos psicológicos irão desaparecer subitamente. As limitações que a pandemia impôs à produção e logística do festival, assim como à comunidade mundial Boomer, com supressão de movimentos por tempo indeterminado, obriga-nos a uma decisão”, diz o comunicado no site oficial.

“Perante esta pandemia, há que ser ético e responsável. Para salvaguardar a saúde pública, os Boomers, o espírito do Boom; norteados pelos nossos princípios e, especificamente pelos de Humanismo e Unidade; seguindo as orientações em Portugal patentes no Decreto-Lei n.º 10-I/2020, que se aplica a todos os espetáculos que não podem ser realizados no lugar, dia ou hora agendados, entre os dias 28 de fevereiro de 2020 e até ao 90.º dia útil seguinte ao fim do estado de emergência somos obrigados a reagendar a edição de 2020”, pode ler-se na mesma nota.

“Toda a produção está afectada. Somos um festival que depende dos bilhetes para sobreviver e tem sido esse apoio que financia tudo até agora desde o começo de 2019. Neste momento trabalham 100 pessoas para o festival. Em Maio seriam cerca de 200, em Junho 300 de mais de 35 nacionalidades e os números não iriam parar de subir.”

No que toca aos bilhetes, e como se seria de esperar, a organização diz que os “detentores de bilhetes de 2020 têm direito à edição de 2021. Os serviços adquiridos para 2020 (ex: Boom Bus, Tipis, Cardboard Village) transitam para o Boom 2021 sem custos adicionais”.

Para quem não tiver a possibilidade de ir no próximo, há uma má notícia: o Boom Festival não faz devoluções de bilhetes. Porém, a organização está sensível ao facto de que alguns Boomers poderão não ter disponbilidade em julho de 2021, pelo que irão criar uma plataforma externa ao festival onde poderão colocar bilhetes à venda para que possam ser comprados por outro festivaleiro.

A organização do Boom Festival promete mais informações para breve.

Fonte:BF
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Música – Álbuns essenciais (julho 2021)

Poucos mas bons, para animar o verão!

Música – Álbuns essenciais (junho 2021)

Uma dúzia de bons álbuns chegam para resumir o mês de junho.

Espanhóis Obsidian Kingdom tocam em Lisboa em novembro deste ano

A abertura da noite fica a cargo dos portugueses Gaerea.

Música – Álbuns essenciais (maio 2021)

Nunca vi um mês com tantos álbuns tão bem cotados pela crítica (no geral) e, como tal, o trabalho para selecionar os essenciais não foi pêra fácil.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

O hambúrguer Long, do Burger King, virou vegetal

Ao todo, a marca conta agora com três opções vegetais.

Análise – Jabra Evolve2 30

Forma e função num par de auscultadores destinado a quem passa muito tempo a trabalhar em frente ao PC.