Há um battle royale de Final Fantasy VII a caminho dos smartphones

Final Fantasy VII: The First Soldier expande o popular icónico jogo com uma experiência muito popular.

- Publicidade -

Se Final Fantasy não vai a battle royales (em colaborações com outros já existentes), então o battle royale chega até ele. Final Fantasy VII prepara-se para expandir-se com uma experiência multijogador apenas para os smartphones.

Final Fantasy VII: The First Soldier é o nome desta nova aposta revelada no início do ano e é, para já, um exclusivo mobile para iOS e Android. A sua premissa passa-se 30 anos antes dos eventos do aclamado jogo, que recebeu um Remake no ano passado, e atira-nos para zonas de combate onde teremos que sobreviver e mostrar as nossas melhores habilidades enquanto candidatos para soldados da Shinra.

Como outros jogos do género, esperam-se diferentes elementos cosméticos, vários tipos de armas e habilidades e teremos também a opção de escolher diferentes classes de soldado, como Warrior, Sorcerer, Monk, Ranger ou Ninja.

Final Fantasy VII: The First Soldier tem lançamento para novembro, com os pré-registos a abrirem algures no final deste mês.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Já podem jogar Pokémon Unite nos smartphones

E há um novo Battle Pass “espacial” para explorar.

Assetto Corsa Mobile leva a simulação automóvel até aos smartphones

Um dos mais populares simuladores de corridas corre agora no iOS.

Os Vingadores saltam para os smartphones com Marvel Future Revolution

O RPG Free-To-Play inspirado nos heróis da Marvel chega em agosto.

Nier Re(in)carnation aterra nos smartphones em julho

Nier estreia-se nos smartphones com um exclusivo a 28 de julho.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Inaugurado primeiro Espaço Cidadão numa unidade de saúde

Algo que vem facilitar ainda mais a vida aos cidadãos.

Clockwork Aquario – Uma nova oportunidade para este clássico perdido

Anteriormente cancelado, o título da Westone regressa à vida graças à conversão da Inin Games.

Crítica – Resident Evil: Welcome to Raccoon City

Infelizmente, ainda não foi desta que surgiu um filme genuinamente bom de uma adaptação de Resident Evil para o grande ecrã.