Back 4 Blood mostra as vantagens da versão PC no novo trailer

- Publicidade -

O novo jogo de sobrevivência da Turtle Rock Studios promete ser completamente otimizado para os PCs mais modernos.

Não são só as consolas da nova geração que recebem as melhores novidades dos jogos mais recentes. Não acreditam? É que a Warner Bros. Games, juntamente com a Turtle Rock Studios, mostram agora que poderá ser o PC a receber a melhor versão de Back 4 Blood.

No novo trailer, inteiramente dedicado à versão para PC de Back 4 Blood, não só vemos o título em ação, como temos os detalhes das suas vantagens.

Com suporte para resoluções 4K, Back 4 Blood permite jogar com uma fluidez sem limites de FPS, conta com suporte de tecnologia NVIDIA DLSS em placas gráficas compatíveis, suporte para monitores ultrawide e configurações com vários monitores, muitas opções de otimização e suporte cross-play, para se poder jogar com amigos nas consolas.

Back 4 Blood prepara-se em breve para uma Beta, já no dia 12 de agosto (dia 5 para quem fizer reserva do jogo) e chega na versão final a 12 de outubro no PC (via MS Store, Steam e Epic Games Store), às consolas Xbox e PlayStation e tem ainda lançamento direto no Xbox Game Pass para consola e PC.

Fonte:B4B
- Publicidade -
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

A nova atualização para as Xbox inclui uma biblioteca revista

A apresentação dos jogos está melhorada, mas não é a única novidade.

Marvel’s Spider-Man Remastered é Espetacular no PC, Fantástico na Steam Deck

Spider-Man baloiça para os PCs numa conversão quase, quase perfeita.

Monument Valley e a sua sequela com lançamento no PC

Um dos jogos móveis mais interessantes de sempre aterra no PC.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Vila Galé em Tomar deverá estar pronto até novembro de 2023

E será uma unidade hoteleira de cinco estrelas.

Arcade Fire no Campo Pequeno – A música vence sempre?

A banda canadiana recordou-nos que é obreira de alguma da melhor música das últimas duas décadas. O resto? Pois, o resto logo se verá.